Aguarde...

Esportes

Presidente do Guarani descarta mudanças no futebol

Ricardo Miguel Moisés reconhece má fase mas considera saldo do trabalho da diretoria e comissão técnica positivo

| ACidadeON Campinas

O presidente do Guarani, Ricardo Miguel Moisés (Foto: Reprodução/TV Guarani)

O presidente do Guarani, Ricardo Miguel Moisés, admitiu nesta quinta-feira (30) que a retomada do Guarani após a paralisação do Campeonato Paulista foi ruim, mas descartou qualquer mudança no departamento de futebol do clube. A declaração foi dada em entrevista coletiva no Brinco de Ouro.

"O Guarani está muito satisfeito com o trabalho do Thiago Carpini. Nós evoluímos muito o futebol apresentado. Ele assume o Guarani na lanterna da Série B e consegue fazer um excelente campeonato, terminando o Campeonato Brasileiro do ano passado com tranquilidade."

Além de elogiar o técnico, Ricardo Moisés ressaltou o trabalho desenvolvido pelo superintendente de futebol do Bugre, Michel Alves. "O Michel montando um elenco extremamente competitivo para o Campeonato Paulista, dentro do nosso orçamento, então está descartada qualquer alteração no departamento de futebol do Guarani", afirmou.

O presidente concordou com avaliação de Carpini de que o Guarani não teve uma boa atuação, apesar de conseguir a classificação sobre o Ituano e avançar às semifinais do Troféu do Interior, e ressaltou que agora cabe ao departamento e à comissão técnica encontrar soluções para a equipe.

"O Guarani realmente realizou a pior partida do ano na data de ontem. Uma partida que não agradou nem a diretoria, nem nosso treinador e nem os próprios jogadores. O Guarani mostrou, no início do ano, durante as 10 primeiras rodadas do Campeonato Paulista, um excelente futebol, uma excelente harmonia, um entrosamento muito grande, e não conseguimos repetir isso nessas três partidas após a paralisação. Cabe agora ao Departamento de Futebol encontrar essa harmonia de novo e a gente ver o futebol bonito que o Guarani mostrou".

Mais do ACidade ON