Aguarde...

Esportes

Conselho da Ponte autoriza parceria para construir a arena

Com 93,4% dos votos, Conselho Deliberativo autoriza parceria entre Ponte Preta e WTorre

| ACidadeON Campinas

Arena da Ponte Preta pode sair do papel finalmente (Foto: Divulgação) 

Com aprovação maciça do Conselho Deliberativo, com 93,4% dos votos a favor, o primeiro passo rumo a uma Ponte Preta maior e melhor foi dado neste sábado. Em reunião por teleconferência que chegou a ter a presença de cerca de 130 conselheiros, a Comissão de Estudos da Arena e os representantes da WTorre, parceira da Macaca no projeto, fizeram uma apresentação e tiraram dúvidas dos virtualmente presentes. Ao fim da reunião, a Diretoria Executiva da Ponte Preta recebeu o aval para seguir com as tratativas de negócio com a WTorre com 106 votos a favor e sete contra.

"O Conselho Deliberativo, em reunião ordinária convocada para deliberar sobre o projeto Arena Ponte Preta, no dia 19/09, resolve o seguinte: Fica a Diretoria Executiva autorizada para prosseguir com as tratativas de negócio envolvendo o projeto da Arena Ponte Preta com a WTorre, ressalvando as deliberações que dependam dos demais órgãos deliberativos", diz a decisão aprovada pelo Conselho.

O presidente pontepretano, Sebastião Arcanjo, enfatiza o que significa a aprovação de hoje. "Em primeiro lugar, é a sinalização concreta do Conselho de que a Ponte Preta está pronta para construir sua Arena e atingir um novo patamar de infraestrutura, modernidade, reputação, expressividade e receitas - entre os times de futebol do Brasil. Além disso, ficou muito claro pelo que foi dito por todos os conselheiros na reunião e é também nossa opinião que precisamos também investir em um Centro de Treinamentos à altura da Ponte Preta. E faremos isso", diz Tiãozinho.

Por fim, o dirigente ressalta um terceiro fato de grande importância: "É preciso deixar claro que a aprovação do Conselho não é um cheque em branco para a Diretoria Executiva ou para a WTorre. Pelo contrário, é um fator a mais de responsabilidade para que este projeto continue transcorrendo com muita transparência e no qual todas as decisões serão tomadas de maneira clara e democrática pelas instâncias da Ponte, Conselho e Diretoria Executiva , em conjunto", destaca.

Mais do ACidade ON