Aguarde...

Esportes

Ponte perde para Chape e sofre maior goleada da Série B

Com mais esse tropeço, a Macaca permaneceu com 27 pontos e segue na quarta colocação

| ACidadeON Campinas

Chapecoense venceu a Ponte Preta (Foto: Denny Cesare/Código19) 

A Ponte Preta voltou a tropeçar no Estádio Moisés Lucarelli e perdeu a chance de encostar na ponta da tabela do Campeonato Brasileiro da Série B. Jogando na noite desta terça-feira (20), o time foi goleado pela Chapecoense por 5 a 0, em partida válida pela 17ª rodada.  
 
A última vez que a Chapecoense fez cinco gols em um mesmo jogo foi em março de 2017, quando venceu o Tubarão por 7 a 0.

Com mais esse tropeço, a Macaca permaneceu com 27 pontos e segue na quarta colocação. Já a Chapecoense ultrapassou o Cuiabá, está com 33 pontos e vai dormir na liderança da Série B.

CHAPE APROVEITOU

A Chapecoense aproveitou os espaços que a Ponte Preta deu e abriu o placar logo no começo da partida. Aos seis minutos, Anselmo Ramon acionou Busanello na esquerda, que chutou da entrada da área. Ivan espalmou e Paulinho Moccelin pegou o rebote de cabeça, mandando para o fundo das redes.

A Macaca não baixou a cabeça e foi atrás do empate. Logo no minuto seguinte, João Paulo invadiu a área e tentou o passe no segundo pau. A zaga cortou, a bola voltou para ele, que chutou em cima da marcação. Na sobra, Apodi chutou por cima do gol.

Aos 11 minutos, Dawhan arriscou de fora da área e a bola passou muito perto do gol de João Ricardo. A Chape voltou a aproveitar os espaços e aos 25 minutos, Anselmo Ramon rolou a bola na falta e tirou da barreira. Busanello chutou rasteiro, sem chances de defesa para Ivan.

VIROU MASSACRE

A Ponte Preta quase conseguiu diminuir a vantagem e entrar no jogo logo no primeiro minuto do segundo tempo. O time chegou pelo meio e Moisés chutou na entrada da área. A bola foi com força, rasteira, e João Ricardo se esticou todo para espalmar.

Mas aos 24 minutos, a Chapecoense fechou o caixão. Anselmo Ramon lançou Lucas Tocantins do campo de defesa. Ele ganhou da zaga, invadiu a área, foi empurrado por Alisson dentro da área e o juiz deu pênalti. Anselmo Ramon foi para a cobrança e fez o terceiro.

Aos 29 minutos, o placar virou goleada. Aylon ganhou da marcação pela esquerda, invadiu a área e cruzou rasteiro. Alisson tentou cortar, mas mandou contra o próprio gol.  
 
Para fechar de vez o placar, aos 42 minutos, no contra-ataque, Aylon passou na medida, nas costas da marcação. Lucas Tocantins avançou e chutou na saída de Ivan.

PRÓXIMOS JOGOS

Na próxima rodada, a Ponte Preta joga no sábado (24), a partir das 16h, fora de casa, contra o CRB. A Chapecoense atua em Chapecó, na sexta-feira, a partir das 21h30, quando recebe o Operário. 



Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON