Aguarde...

Esportes

Dérbi 198: Guarani e Ponte Preta ficam no empate

Com o empate, os dois times seguem longe do G4 e, no final da rodada, podem estar ainda mais distantes

| ACidadeON Campinas

Guarani e Ponte se enfrentaram nesta terça-feira (Foto: Luciano Claudino/Código19) 

Guarani e Ponte Preta ficaram no empate por 1 a 1, na noite desta terça-feira (5), pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O resultado do dérbi 198 não foi para para nenhum dos dois na busca pelo acesso na competição. 
 
LEIA MAIS 
GM interrompe reunião de torcedores da Ponte Preta


Com o empate, os dois times seguem longe do G4 e, no final da rodada, podem estar ainda mais distantes. O Guarani está com 48 pontos, na sexta posição, seguido pelo Ponte Preta com 47 pontos.

No histórico, o Guarani venceu a Ponte Preta em 67 oportunidades. A Macaca vem na cola querendo mudar o quadro, com 65 vitórias. O clubes não saíram vitoriosos em um dérbi em 65 ocasiões.

CÁ E LÁ

O primeiro tempo do dérbi foi equilibrado, com os dois times criando chances. O Guarani perdeu uma oportunidade real aos 11 minutos, mas a Ponte não fez o mesmo e abriu o placar

Cada time teve uma chance clara até aqui. Matheus Souza parou em Ygor Vinhas pelo lado do Guarani, enquanto Matheus Peixoto aproveitou para a Macaca e definiu um primeiro tempo com 65% de posse de bola para o Bugre, mas vantagem da Ponte no placar.

Logo no primeiro minuto, o Guarani chegou com perigo. Ludke cruzou, Luizão tirou de cabeça, e Bidu soltou a bomba no rebote. A bola passou perto do travessão de Ygor Vinhas. A Macaca não ficou atrás de respondeu aos seis, com Camilo chutando de fora de área, levando muito perigo.

A primeira real chance de gol saiu aos 11 minutos. Matheus Souza recebeu na cara de Ygor Vinhas, que fez grande defesa e evitou o primeiro gol no dérbi 198. A Macaca buscou a igualdade e aos 23 minutos, Camilo, novamente, mandou uma bomba de longe e Gabriel Mesquita espalmou. 

Matheus Peixoto comemora gol contra o Guarani (Foto: Luciano Claudino/Código19)
PONTE NA FRENTE

Aos 21 minutos, Matheus Peixoto abriu o placar no Brinco. Após saída de Gabriel Mesquita, Camilo ficou com a bola, rolou para Bruno Rodrigues, que achou Peixoto na área. O atacante bateu colocado e a bola foi morrer no fundo das redes.

GUARANI PRA CIMA

O Guarani voltou com pressão no segundo tempo. Logo aos oito minutos, Bidu cruzou na medida, Renanzinho desviou, mas Ygor Vinhas caiu bem para fazer a defesa.

Porém, um erro da Ponte Preta custou o empate. Aos 14 minutos, Camilo errou na saída de bola, o lateral Matheus Ludke ficou com a bola, cortou Barreto e soltou a bomba, sem chances para Ygor Vinhas.

O Guarani teve outra chance para virar a partida aos 22 minutos. Waguininho recebeu na entrada da área, girou e finalizou. Ygor Vinhas caiu e espalmou para o lado.

A Ponte pressionou no final, desperdiçou três chances seguidas e não conseguiu fazer o gol que iria garantir os três pontos. 

Matheus Ludke comemora gol do Guarani (Foto: Luciano Claudino/Código19)
PRÓXIMOS JOGOS

Os dois times voltam a campo somente na próxima segunda-feira (11). O Guarani joga às 20h, fora de casa, quando encara o CRB, enquanto a Ponte Preta entra em campo a partir das 17h, no Majestoso, para enfrentar o Cuiabá.

FICHA TÉCNICA

Guarani 1 x 1 Ponte Preta


Gols: Matheus Peixoto aos 21 minutos do 1º tempo; Mateus Ludke aos 14 minutos do 2º tempo 
Cartões amarelos: Felipe Conceição (Guarani); Ygor Vinhas, Neto Moura e João Veras (Ponte Preta)
Cartões vermelhos: Valber (Guarani)
Arbitragem: Héber Roberto Lopes (SC), Ivan Carlos Bohn (PR) Éder Alexandre (SC)
Local: Estádio Brinco de Ouro, em Campinas

Guarani
Gabriel Mesquita; Mateus Ludke, Wálber, Didi e Bidu (Eliel); Bruno Silva (Deivid), Murilo Rangel e Lucas Crispim (Rickson); Waguininho (Lucas Abreu), Renanzinho (Giovanny) e Matheus Souza.
Técnico: Felipe Conceição

Ponte Preta
Ygor Vinhas; Apodi (Leo Pereira), Luizão, Wellington Carvalho e Guilherme Lazaroni; Barreto, Zanocelo (Dawhan) e Camilo (Neto); Bruno Rodrigues, Guilherme Pato (Yuri) e Matheus Peixoto (João Veras).
Técnico: Fabinho Moreno


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON