Aguarde...

Esportes

Vôlei Renata ganha de virada e garante vaga na semi da Copa Brasil

Equipe campineira venceu o Vôlei Um/Itapetininga por 3 sets a 2

| ACidadeON Campinas

Time de Campinas venceu e segue para semifinal da Copa do Brasil de Vôlei (Foto: Luciano Claudino/ Código19)

Em jogo tenso de mais de três horas de duração, o Vôlei Renata conseguiu uma vitória de virada, e garantiu na noite de ontem (13) uma vaga para a semifinal da Copa do Brasil.

A partida contra o Vôlei Um/Itapetininga, válida pelas quartas de finais, foi decidida nos detalhes, e terminou em 3 sets a 2, de virada, com parciais de 22/25, 18/25, 25/22, 27/25 e 15/12. O jogo aconteceu em casa, no Ginásio do Taquaral.

Com a classificação, o Vôlei Renata carimba a classificação para a fase final do torneio, que acontece nos dias 11 e 12 de fevereiro, no Centro de Desenvolvimento de Voleibol, em Saquarema. O time campineiro retorna à semifinal do torneio nacional depois de três anos.

"O time se abraçou, lutou, passou por muitas dificuldades, mas mostramos a característica da nossa equipe de acreditar sempre. Eu brinquei durante o jogo que somos o Rocky Balboa. A gente apanha, apanha, mas continua lutando até o final. Assim, conseguimos essa vitória importantíssima", disse o oposto Vissotto, maior pontuador do Vôlei Renata, com 19 acertos.

Com sete vitórias seguidas na temporada, o Vôlei Renata volta a jogar contra o Sesi-SP, no próximo domingo (17), às 19 horas,em São Paulo, pela Superliga.

O JOGO

As duas equipes fizeram um primeiro set brigado e, principalmente, equilibrado. Com os ataques levando a melhor sobre as defesas, o placar seguiu igual do começo até a reta final.

Próximo do fim da parcial, no entanto, os visitantes conseguiram parar o ataque campineiro e abriram vantagem (22 a 20). Mesmo com a pressão dos donos da casa, Itapetininga largou na frente: 25 a 22.

No segundo set, novamente, os dois times voltaram a se revezar na frente do marcador. Desta vez, porém, Itapetininga aproveitou a sequência de erros do time da casa e assumiu a frente do marcador (20 a 16). Os donos da casa pressionaram no final, com as entradas de Angellus e Cristiano, mas a equipe visitante fechou: 25 a 18.

Com bloqueio afiado com Michel logo no começo, o Vôlei Renata saltou na frente do placar no terceiro set (7 a 4). Consistente na virada de bola, o time campineiro manteve o controle da parcial e abriu diferença em novo block, desta vez, com Renan (14 a 11).

O Vôlei Renata seguiu mostrando volume de jogo e ampliou em dois contra-ataques seguidos do camisa 7 (17 a 13). Sem dar chance a Itapetininga, a equipe da casa diminuiu o marcador após erro de saque do adversário: 25 a 22.

O quarto set voltou a ser equilibrado. Em boa arrancada, o Vôlei Renata obrigou o adversário a pedir tempo depois de forçar dois erros seguidos (15 a 13). A equipe visitante, contudo, conseguiu crescer e chegou a ficar na frente (22 a 19). Foi aí que a força do elenco do time campineiro começou a fazer a diferença.

Primeiro, Cristiano entrou para sacar e Michel diminuiu a diferença em bloqueio decisivo (23 a 22). Com a moral elevada, os donos do Taquaral aproveitaram o contra-ataque para deixar tudo igual (24 a 24).

Com Angellus no serviço no momento decisivo, Barreto cresceu para cima do atacante adversário e trouxe a vantagem para o Vôlei Renata (26 a 25) em block. Em outro bom saque, o oposto causou estrago na linha de recepção de Itapetininga. Bom para a equipe de Vissotto e cia, que forçou o tiebreak, fazendo 27 a 25.

O Vôlei Renata não deu chance ao adversário no tiebreak. Com o levantador Demian González inspirado no saque, o time campineiro abriu boa vantagem após ace (5 a 1). Mesmo com as tentativas de reação do adversário, que chegaram a se aproximar no placar, a equipe da casa teve sangue frio na virada de bola com Vissotto e Temponi e se manteve na frente (12 a 9).

Em ataque do experiente oposto explorando o bloqueio, a equipe de Campinas consolidou a virada fazendo 15 a 12 no tiebreak e fechando o jogo por 3 a 2.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON