Publicidade

esportes

Dérbi 201 tem esquemas especiais de trânsito e segurança

Mesmo sem torcida, quarto jogo entre Guarani e Ponte no ano volta a mobilizar Emdec, PM e GM

| ACidadeON Campinas -

Guarani e Ponte Preta se enfrentam nesta sexta-feira (16) (Foto: Denny Cesare/Código 19)
O Dérbi de número 201, que acontece nesta sexta-feira (17), às 21h30, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, será o quarto jogo entre Ponte Preta e Guarani em 2021.

As outras três partidas do ano tiveram como resultados um empate e uma vitória para cada lado, situação que gera ainda mais expectativa para o confronto, repleto de história e rivalidade.

A disputa é válida pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. No primeiro turno, quando se enfrentaram no Brinco de Ouro, o Bugre superou a Macaca por 1 a 0, com gol de Régis.

COMO CHEGAM AS EQUIPES

As escalações dos dois times foram mantidas em segredo e só serão divulgadas minutos antes do jogo.

Na Ponte Preta, a principal indefinição é causada pelos problemas físicos do atacante Moisés. Destaque do time na temporada, o jogador sentiu dores no joelho na partida contra o Cruzeiro, no último sábado (11), e depende do departamento médico.

Já no Guarani, o meia Régis é a peça importante do elenco. Ele é o artilheiro da equipe na Série B e deve ganhar a posição de Andrigo no time titular. Ainda assim, o treinador Daniel Paulista não antecipou os nomes das 11 peças que começam a partida.

ESQUEMA ESPECIAL

Mesmo sem torcida e com portões fechados, ainda como medida preventiva para o controle do coronavírus, o clássico campineiro requer atenção especial das autoridades.

A operação de trânsito, por exemplo, vai ocorrer no entorno do Majestoso para evitar a circulação de veículos. A pasta de Transportes e a Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas) organizaram uma operação na região.

Segundo a secretaria, são oito pontos de bloqueios totais e as interdições começaram às 18h.

INTERDIÇÕES

De acordo com o planejamento da Emdec, os fechamentos ocorrem nos acessos para a Rua Casper Líbero, pelas vias Afonso Pena, Frei José de Monte Carmelo, Salvador Caruso e Fernando Costa.

Bloqueios também estão previstos nos cruzamentos entre as ruas Capitão Pedro de Alcântara e Luzitana e também Fernando Costa e Thomaz Ortale.

Somente moradores locais terão acesso a essas vias, já que os fechamentos serão acompanhados pelas equipes.

Ainda segundo a empresa, a expectativa é de encerrar os bloqueios viários por volta da meia-noite. Ao todo, sete agentes de trânsito acompanharão o fluxo nos locais.

POLÍCIA MILITAR

A PM (Polícia Militar) também se organizou após uma reunião com outros órgãos envolvidos no jogo nesta semana. A corporação informou que faz "o monitoramento das torcidas" e afirmou que "o patrulhamento foi reforçado nas proximidades do estádio e locais onde possa haver possível enfrentamento".

Na noite de quarta (15), policiais militares dispersaram grupos de torcedores das duas equipes que se envolveriam em um possível confronto na região dos dois estádios. Guardas municipais também atenderam o chamado e se depararam com grupos carregando pedaços de madeira. Ninguém foi preso.

GUARDA MUNICIPAL

A GM (Guarda Municipal) também detalhou que reforçou o patrulhamento, com aumento no efetivo de homens e viaturas tanto no entorno do estádio quanto próximo a terminais e corredores de ônibus desde às 17h30 e também em locais onde as torcidas dos times rivais costumam se encontrar".

Conforme a nota oficial sobre o esquema, "o número de GMs e veículos envolvidos na operação não são divulgados por motivos de segurança e estratégia". Além disso, o setor de inteligência já monitora as redes sociais das torcidas organizadas dos times "para evitar confrontos e aglomerações".

Haverá ainda o monitoramento da movimentação por meio das câmeras da Cimcamp (Central de Integrada de Monitoramento de Campinas).

Mais notícias


Publicidade