Aguarde...

Esportes

Campinas apresenta novo time de vôlei para temporada 17/18

Selmi entra como patrocinadora master do time, que se chamará Vôlei Renata

| ACidadeON

Divulgação
Prefeito Jonas Donizette participa da apresentação da nova equipe

Foi apresentado na tarde desta quinta-feira (13) o novo time de vôlei masculino de Campinas, o Vôlei Renata. Pelo sétimo ano consecutivo, a cidade será representada na liga nacional da modalidade na temporada 2017/2018.

A Selmi, maior pastifício do Brasil e fabricante da marca Renata, será a patrocinadora master do time. A equipe contará, também, com o apoio das Faculdades Anhanguera e do CDE - Diagnóstico por Imagem. Também se juntam ao quadro, para a temporada, a ESM, empresa de marketing esportivo, a MRV Engenharia, a rede de supermercados Pague Menos, a Unimed Campinas e a Sanasa. A Prefeitura de Campinas mantém o apoio concedido nos últimos anos.

De acordo com o prefeito Jonas Donizette (PSB), a apresentação do novo time de vôlei da cidade é tão importante que está dentro da programação do aniversário de Campinas, que completa 243 anos nesta sexta-feira (243). “Uma cidade é feita de símbolos e a população se envolve em torno deles", disse.

NOVAS CONTRATAÇÕES

Na apresentação do novo time, foram anunciadas cinco novas contratações e três renovações no elenco. Entre os contratados estão Leandro Vissotto, campeão mundial com a Seleção Brasileira em 2010, e medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012. Outra novidade é o líbero argentino Facundo Santucci, presença constante nas convocações da Seleção Argentina para a Liga Mundial.

Para aumentar mais ainda a eficiência do bloqueio, chegaram os centrais Júnior e Salsa. Júnior construiu carreira na Argentina, conquistando quatro vezes o título nacional para o país, e uma vez o Sul-Americano. Já Salsa chega de Montes Claros, onde fez boa Superliga, e também carrega currículo internacional, tendo defendido equipes da Espanha e de Portugal. 

Completa a lista de contratados do Vôlei Renata o ponteiro Tiago Mão, que retorna a Campinas, onde atuou nas temporadas 2010/2011 e 2011/2012. Entre as renovações estão o ponteiro Diogo, o central Vini e o levantador  Rodriguinho. O trio fez parte do time que conquistou vaga na semifinal da Superliga Masculina e do Campeonato Paulista.

A comissão técnica foi mantida. Horácio Dileo segue como treinador, auxiliado por Wellington Guerra. A coordenação técnica continua a cargo de André Heller e Maurício Lima permanece como embaixador do projeto.

VÔLEI MASCULINO

O projeto do vôlei masculino em Campinas foi criado pela ESM, a empresa de marketing esportivo, em 2010, recolocando a cidade em evidência no cenário do voleibol brasileiro. Em suas três primeiras temporadas, o time contou com o patrocínio da Medley.

Em 2013, a Brasil Kirin substituiu a farmacêutica como principal apoiadora do projeto. Desde então, a equipe campineira conquistou seus resultados mais expressivos, como o título da Copa São Paulo de 2014 e a medalha de prata na Copa do Brasil do mesmo ano.

Na temporada 2015/2016, os campineiros subiram no pódio em todos os torneios que disputaram. Conquistaram as posições de vice na Copa São Paulo, vice na Copa do Brasil, terceiro no Campeonato Paulista e vice na Superliga. 

Apesar da saída do time adulto, a Brasil Kirin não se desligará totalmente do projeto e seguirá como apoiadora das categorias de base, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte. Em quatro anos de patrocínio da Brasil Kirin, a equipe campineira alcançou nove pódios, seis finais, incluindo a Superliga 2015/2016.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON