Publicidade

esportes

Alessandro Silva domina prova e é bicampeão paralímpico no lançamento de disco

Brasileiro da classe F11 sobra na final e conquista o ouro com 43,16m de marca, novo recorde paralímpico

| ACidadeON -

Alessandro da Silva se tornou bicampeão paralímpico em Tóquio (Foto: Alessandra Cabral/CPB)
Após abrir mais um dia de disputas no Atletismo das Paralimpíadas com uma prata e um bronze, na noite desta quarta-feira (manhã de quinta no Japão), o Brasil subiu novamente ao pódio, mas desta vez para ficar com o ouro. Recordista mundial no lançamento de disco F11, Alessandro Rodrigo da Silva dependeu apenas de si para conquistar o bicampeonato paralímpico.

Logo no primeiro lançamento, o brasileiro cravou 42,09m, já suficiente para o ouro. Porém, ele queria mais e seguiu forte na prova até chegar à marca de 43,16m, novo recorde paralímpico.

Foi a segunda medalha de Alessandro nas Paralimpíadas de Tóquio. Ele já havia conquistado a prata no arremesso de peso F11. Completaram o pódio no lançamento de disco o iraniano Mahdi Olad, com 40,60m, e o italiano Oney Tapia com 39.52m. 

Quadro de medalhas

Até o momento, o Brasil conquistou 51 medalhas nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. Confira abaixo todos os medalhistas brasileiros: 

Natação: Gabriel Bandeira (ouro e 2x prata); Wendell Belarmino (ouro); Gabriel Araújo (ouro e prata); Cecília Araújo (prata); Prata no revezamento 4x100m livre misto; Phelipe Rodrigues (bronze); Daniel Dias (2x bronze); Maria Carolina Santiago (3x ouro e bronze); Mariana Ribeiro (bronze); Beatriz Borges (bronze); Talisson Glock (bronze) Bronze no revezamento 4x50m misto; Bronze no revezamento 4x100m misto.

Atletismo: Yeltsin Jacques (2x ouro); Silvânia Costa (ouro); Petrúcio Ferreira (ouro); Wallace Santos (ouro); Claudiney Batista (ouro); Beth Gomes (ouro); Alessandro Rodrigo (ouro e prata); Thalita Simplício (prata); Raissa Rocha Machado (prata); Marivana Oliveira (prata); João Victor Teixeira (bronze); Washington Júnior (bronze); Julyana da Silva (bronze); Cícero Nobre (bronze); Jardênia Felix (bronze); Mateus Evangelista (bronze). 

Esgrima: Jovane Guissone (prata); Vinícius Rodrigues (prata). 

Hipismo: Rodolfo Riskalla (prata). 

Tênis de Mesa: Bruna Alexandre (prata); Cátia Oliveira (bronze); Bronze por equipes na classe 9-10. 

Judô: Alana Maldonado (ouro); Lúcia Araújo (bronze); Meg Emmerich (bronze). 

Remo: Renê Campos Pereira (bronze). 

Halterofilismo: Mariana D'Andrea (ouro). 

Bocha: Maciel Santos (bronze); José Carlos Chagas (bronze).

Mais notícias


Publicidade