Publicidade

esportes

Brasil conquista mais dois ouros na Natação das Paralimpíadas

Talisson Glock sobe ao lugar mais alto no pódio pela primeira vez em Tóquio, enquanto Gabriel Araújo é campeão novamente na modalidade

| ACidadeON -

Depois de levar dois bronzes, Talisson Glock conquistou seu primeiro ouro em Tóquio (Foto: Míriam Jeske/CPB)
O Brasil conquistou nesta quinta-feira (2) mais duas medalhas de ouro em novo dia de disputas na Natação das Paralimpíadas de Tóquio. Talisson Glock e Gabriel Araújo foram os responsáveis por colocar a delegação brasileira novamente no topo do pódio da modalidade.

Logo na primeira prova da sessão das finais, Glock conquistou a medalha de ouro nos 400m livre da classe S6 (para atletas com deficiências físicas). O brasileiro fechou a final em 4min54s42, pouco mais de um segundo à frente do italiano Antonio Fantin, atual campeão mundial (4min55s70). O russo Viacheslav Lenskii completou o pódio com o bronze (5min04s84).

Antes de vencer a prova, Talisson já havia subido ao pódio duas vezes, com dois bronzes: um nos 100m livre S6 e outro no revezamento 4x50m livre misto até 20 pontos. Foi o primeiro ouro em Paralimpíadas da carreira dele. 

Gabriel Araújo levou mais uma medalha de ouro na Natação das Paralimpíadas (Foto: Míriam Jeske/CPB)
A segunda conquista do dia veio com Gabriel Araújo. O nadador de apenas 19 anos conquistou sua segunda medalha de ouro em Tóquio ao triunfar nos 50m costas da classe S2 (para atletas com deficiências físicas).

Gabrielzinho cravou o tempo de 53s96 no Centro Aquático de Tóquio. Deixou em segundo lugar o chileno Alberto Abarza (57s76) e em terceiro o russo Vladimir Danilenko (59s47). Ele já havia conquistado uma medalha de ouro nos 200m livre da classe S2 e uma de prata nos 100m costas da mesma classe.

Mais notícias


Publicidade