Publicidade

esportes

Alex Pires fatura a prata e fecha conquistas do Brasil nas Paralimpíadas de Tóquio

Paratleta brasileiro sobe ao pódio na maratona T46 e dá ao país sua 72ª medalha nos Jogos na capital japonesa

| ACidade ON -

Alex Pires conquista a prata na maratona e Brasil chega a 72ª medalhas nos Jogos Paralímpicos de Tóquio (Foto: Alessandra Cabral/CPB)
No último dia de competições nas Paralimpíadas de Tóquio, na noite deste sábado (manhã de domingo no Japão), Alex Pires fez prova consistente e conquistou a medalha de prata na maratona T46, classe disputada por atletas com deficiência nos membros superiores. A láurea obtida por Alex nas Paralimpíadas de Tóquio faz o Brasil igualar as 72 medalhas obtidas na Rio 2016, quando o país teve o seu maior total de pódios.

Alex Pires terminou a prova de 42km em 2h27min00s, novo recorde sul-americano. O ouro ficou com o chinês Chaoyan Li, que venceu com 2h25min50s, batendo o recorde paralímpico. Completou o pódio o japonês Tsutomu Nagata, bronze com 2h29min33s.

Mesmo com a chuva em Tóquio, o brasileiro se manteve entre os primeiros desde o início da prova. A partir do quilômetro 30, Chaoyan Li se isolou na frente com Alex como o seu único perseguidor, deixando os demais maratonistas para trás. O brasileiro ainda conseguiu encurtar a distância na etapa final, mas a vitória ficou mesmo com o chinês.

Conquistas nos Jogos

A medalha de Alex Pires foi a última do Brasil em sua participação nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. A delegação faturou 72 conquistas e igualou sua melhor participação, que havia sido nas Paralimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016. Confira abaixo todos os medalhistas brasileiros: 

Natação: Gabriel Bandeira (ouro e 2x prata); Wendell Belarmino (ouro e bronze); Gabriel Araújo (2x ouro e prata); Cecília Araújo (prata); Prata no revezamento 4x100m livre misto; Phelipe Rodrigues (bronze); Daniel Dias (2x bronze); Maria Carolina Santiago (3x ouro e bronze); Mariana Ribeiro (bronze); Beatriz Borges (bronze); Talisson Glock (ouro e bronze) Bronze no revezamento 4x50m misto; Bronze no revezamento 4x100m misto.  

Atletismo: Yeltsin Jacques (2x ouro); Silvânia Costa (ouro); Petrúcio Ferreira (ouro e bronze); Wallace Santos (ouro); Claudiney Batista (ouro); Beth Gomes (ouro); Alessandro Rodrigo (ouro e prata); Thalita Simplício (prata e bronze); Raissa Rocha Machado (prata); Marivana Oliveira (prata); Thomaz de Moraes (prata); Vinícius Rodrigues (prata);  Marco Aurélio Borges (prata); Alex Pires (prata); João Victor Teixeira (2x bronze); Washington Júnior (bronze); Julyana da Silva (bronze); Cícero Nobre (bronze); Jardênia Felix (bronze); Mateus Evangelista (bronze); Thiago Paulino (bronze); Ricardo Gomes (bronze); Jerusa Geber (bronze). 

Esgrima: Jovane Guissone (prata). 

Hipismo: Rodolfo Riskalla (prata). 

Tênis de Mesa: Bruna Alexandre (prata); Cátia Oliveira (bronze); Bronze por equipes na classe 9-10. 

Judô: Alana Maldonado (ouro); Lúcia Araújo (bronze); Meg Emmerich (bronze). 

Remo: Renê Campos Pereira (bronze). 

Halterofilismo: Mariana D'Andrea (ouro). 

Bocha: Maciel Santos (bronze); José Carlos Chagas (bronze). 

Paratawekwondo: Nathan Torquato (ouro); Silvana Fernandes (bronze). 

Canoagem: Fernando Rufino (ouro); Luis Carlos Cardoso (prata); Giovane Vieira (bronze). 

Goalball: Seleção masculina (ouro). 

Vôlei Sentado: Seleção Feminina (bronze).  

Futebol de 5: Seleção masculina (ouro).

Mais notícias


Publicidade