Aguarde...

lazerecultura_giro

Prefeitura divulga resultado de edital do setor cultural

Edital foi criado para auxiliar profissinais da cultura que foram impactados pela pandemia de novo coronavírus. 301 projetos foram habilitados

| ACidadeON Campinas

Secretário de Cultura Ney Carrasco. (Foto: Divulgação/Câmara de Campinas)

O resultado do edital de credenciamento de artistas e trabalhadores da Cultura impactados pela crise gerada pela pandemia de novo coronavírus (covid-19) foi publicado no Diário Oficial de Campinas desta sexta-feira (3).

Lançado no final de maio, o edital previa R$ 500 mil de investimento para contemplar até 1 mil projetos. Dos 375 inscritos no edital, 301 foram habilitados e eles produzirão vídeos que serão disponibilizados no canal online Cultura Abraça Campinas

Agora, nesta nova etapa do processo, os habilitados devem aguardar a convocação da Secretaria de Cultura para a assinatura do Termo de Adesão, que será realizada individualmente. A administra destaca também que é iomportante que os proponentes mantenham as condições da documentação solicitada no credenciamento.

O resultado do edital está disponível no Portal Cultura. Para acessá-lo, clique neste link. Também é possível conferir o resultado no Diário Oficial desta sexta.

AUXÍLIO

O edital, exclusivamente destinado para residentes em Campinas, foi criado para auxiliar os profissionais do setor cultural que tiveram a fonte de renda totalmente paralisada por conta da pandemia de novo coronavírus.

Segundo o secretário de Cultura, Ney Carrasco, a ideia do projeto é abranger toda a cadeia produtiva cultural, uma vez que foi a primeira a ser atingida pela crise e a última que deve sair dela, por conta do isolamento social demandado para redução do contágio de Covid-19.

"Nossa intenção é que os artistas e trabalhadores da cultura, dentro de uma situação de isolamento social, em que os recursos para produção de uma ação artístico-cultural são limitados, possam desenvolver projetos a serem fruídos pela população dentro de suas casas, no ambiente da internet, com os recursos que eles têm disponíveis seja um computador, um notebook, um celular", afirmou o secretário.

Ele destacou, ainda, que o material gerado nesse período servirá de registro histórico. "A intenção, também, é que os projetos forneçam para a posteridade um panorama de como a pandemia afetou a cultura na cidade, como extrato do país, a partir da visão de nossos artistas e trabalhadores da cultura", disse.



Mais do ACidade ON