Publicidade

noticias

Unicamp abre processo que pode até expulsar estudante suspeito de assédio

Comissão formada por três professores do Instituto de Matemática terá 20 dias para decidir futuro do aluno

| ACidadeON/Campinas -

Estudante de 27 anos foi levado para a delegacia. Foto: Reprodução da EPTV 

A direção do Instituto de Matemática, Estatística e Ciência da Computação (Imec) da Unicamp instaurou nessa sexta-feira (18) processo disciplinar para apurar o envolvimento de um estudante do instituto em casos de assédio sexual e atos obscenos no estacionamento do órgão e em outras vias do campus.

LEIA MAIS: Mulheres do Imec organizam canal de denúncias contra assédio

Grupo feminista aponta cinco falhas da Unicamp para evitar casos de assédio

De acordo com a Unicamp, o processo disciplinar será coordenado por uma comissão formada por três professores. Pelo regimento Geral da Universidade, a comissão terá vinte dias para concluir o procedimento, mas esse prazo pode ser prorrogado.

"O estudante será chamado para prestar depoimento e a comissão também ouvirá as testemunhas de acusação e defesa. Caso as acusações sejam confirmadas, as penalidades previstas no Regimento Geral vão de advertência a expulsão", diz a Unicamp em nota.

O caso veio à tona na última terça-feira (15), quando estudante foi detido. Ele costumava dirigir seu carro, um Fiesta preto, abordava estudantes pedindo informações e, quando elas se aproximavam, viam que ele estava se masturbando dentro do carro.

O suspeito, que não teve o nome revelado pela polícia, foi ouvido e liberado. Um boletim de ocorrência de Ato Obsceno e Importunação Ofensiva ao Pudor foi registrado e o caso segue investigado pelo 7º DP, no distrito de Barão Geraldo.



Mais notícias


Publicidade