Publicidade

noticias

Prefeitura vai alugar hospital para atender pacientes com covid-19

Governo municipal quer usar estrutura do Hospital Metropolitano, que está sob intervenção judicial

| ACidadeON Campinas -

Crise no hospital Metropolitano começou no ano passado e unidade está sob interdição judicial (Foto: Arquivo/Código19) 

A Prefeitura de Campinas busca um acordo com o MPT (Ministério Público do Trabalho) e Justiça do Trabalho para poder alugar a estrutura do Hospital Metropolitano para tratamento exclusivo de pacientes com a covid-19.

O hospital sofreu intervenção judicial no fim de março porque sua diretoria havia dispensado os funcionários e anunciado o fechamento da unidade. A Justiça, a pedido do MPT, determinou o imediato afastamento de todos os administradores do hospital e a decretação de intervenção judicial por seis meses.

A Prefeitura fez uma proposta de pagar R$ 2,2 milhões por mês, pelos próximos 90 dias, para utilizar a estrutura do hospital - prédio, equipamentos e funcionários (são 125 trabalhadores, entre eles 40 médicos). Os valores seriam depositados em juízo e usados na gestão do hospital.

Segundo o secretário de Saúde de Campinas, Carmino de Souza, o hospital tem 15 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 35 leitos para internação regular. A ideia é iniciar as operações já na próxima segunda-feira (13).

O hospital funcionará com as "portar fechadas", recebendo apenas pacientes com sintomas da covid-19 encaminhados por outros serviços. Ou seja: não será possível ir diretamente ao hospital para receber atendimento.

"É bem melhor usar uma estrutura já pronta do que improvisar, como no caso dos hospitais de campanha. É um hospital com uma boa estrutura que vai ajudar bastante", disse Carmino.  

LEIA TAMBÉM 
Confira a situação de cada cidade da RMC (Região Metropolitana de Campinas) neste link
Doria estende a quarentena no Estado até o dia 22 de abril
Exército auxilia na distribuição de alimentos da Ceasa para entidades
Covid-19: sem quarentena, Campinas já teria o dobro de mortes


CASOS

Na tarde desta segunda (6), em transmissão ao vivo em suas redes sociais, o prefeito Jonas Donizette também atualizou o número de casos da covid-19 em Campinas. A cidade agora tem 68 casos confirmados e 882 suspeitos. Dos casos confirmados, 12 pacientes estão internados em UTIs.

Mais notícias


Publicidade