Moro comemora pesquisa que mostra forte potencial de votos para sua esposa Moro comemora pesquisa que mostra forte potencial de votos para sua esposa

Moro comemora pesquisa que mostra forte potencial de votos para sua esposa

Em sua postagem, Moro compartilhou uma reportagem sobre a pesquisa com os dizeres 'Grande dia'

Sérgio e Rosângela Moro (Foto: Reprodução/Redes sociais)
 

O ex-juiz Sérgio Moro comemorou em sua conta no Twitter o resultado de uma pesquisa feita pelo União Brasil, que aponta a possibilidade de 21,5% dos eleitores de São Paulo votarem em sua esposa Rosângela Moro para deputada federal pelo Estado.


Em sua postagem, Moro disse compartilhou uma reportagem sobre a pesquisa com os dizeres 'Grande dia'.

Moro é atualmente candidato ao Senado pelo União Brasil no Paraná, após ter deixado sua carreira de juiz federal para se tornar ministro do governo Bolsonaro. No Judiciário, ele se notabilizou pela atuação que teve na Operação Lava Jato e, principalmente, com a condenação do ex-presidente Lula, atual líder nas pesquisas de intenção de voto para a Presidência da República.

LEIA MAIS

Varíola dos macacos: estado confirma 14 casos em Campinas

CS Santo Antônio em Campinas fecha por 15 dias para reformas

Indústria de Campinas aumenta presença na internet na pandemia

CIRO GOMES


O ex-ministro e candidato a presidente Ciro Gomes (PDT) disse, após participar da 74ª Reunião Anual da SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência), em Brasília, que a estagnação nas pesquisas de intenção de voto não interfere em sua campanha, e que seu desempenho deve melhorar com início da campanha na TV em agosto.

'A campanha não começou, a campanha vai começar quando a gente tiver a oportunidade de entrar nos lares brasileiros que não tem tablet, não tem internet, não tem jornal (). Daqui a pouco ele vai começar ver na TV. É a hora da campanha. Então eu não espero nenhum cavalo de pau, mas eu tenho absoluta segurança que a gente começará a ter 70% do eleitorado induzidos pelas pesquisas, pelos editoriais, pelos analistas, etc', disse a jornalistas.

Na última pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (28), o presidenciável se manteve estacionado no terceiro lugar com 8%, atrás do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que tem 47%, e do presidente Jair Bolsonaro (PL), que ocupado o segundo lugar com 29% das intenções de voto.

Na avaliação de Ciro, menos de 30% do eleitorado tem participado das pesquisas até aqui, e quando as campanhas estiverem na TV, ele poderá mostrar para as pessoas que irá 'libertar o Brasil do Bolsonaro já no primeiro turno'. 'Depois você tem o seguinte, eu sou um profissional muito experiente. Quando você vai olhar esse camarada induzindo a responder ali coisa ruim, você tem 43% que estão dizendo que votam no Lula apesar da corrupção e acham que ele é o cara que vai libertar o Brasil do Bolsonaro', completou.

A SBPC convidou os três candidatos que lideram as pesquisas de intenções de voto na corrida presidencial. Na quinta (28), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) participou do evento. Bolsonaro não participou e justificou a ausência, de acordo com organizadores por 'compromissos preestabelecidos em sua extensa agenda'.

LEIA TAMBÉM
Golpes na internet atingem programas de milhas e fidelidade

Mais Notícias

Mais Notícias