Aguarde...

ACidadeON

Voltar

Política

PLs do ticket e redução de horas ganham apoio na Constileg

A reportagem confirmou que quatro vereadores vão votar a favor, o que já garante a ida dos PLs ao plenário

| ACidadeON Campinas

Vereadores estão revendo o voto na Constileg (Foto: Divulgação) 

Os projetos do vale-refeição de comissionados e redução de horas para os servidores concursados da Câmara de Campinas devem avançar e ir ao plenário. A mudança de posição dos parlamentares da Constileg (Comissão de Constituição e Legalidade) é o principal motivo dessa guinada, pois os PLs já contam com quatro dos sete votos possíveis.

O Sinpfol (Sindicato dos Funcionários do Poder Legislativo de Campinas) decretou estado de greve na tarde desta segunda-feira (22) por conta da estagnação deste projeto na Constileg.

A Procuradoria da Câmara já emitiu um parecer declarando que ambos os projetos são constitucionais e não há ilegalidades. O documento foi finalizado no começo de abril e agora será analisado pela Constileg (LEIA MAIS AQUI).

A Constileg é formada por Luiz Cirilo (PSDB), presidente, e pelos membros Zé Carlos (PSB), Permínio Monteiro (PV), Carlão (PT), Carmo Luiz (PSC), Vinicius Gratti (PSB) e Marcelo Silva (PSD).

Os PLs estão agora os relatores Permínio Monteiro e Vinicius Gratti, que vão emitir os respectivos pareceres. Ainda não há um prazo para serem levados à votação.

FAVORÁVEIS

Carmo Luiz e Carlão mantiveram a posição inicial, e como ainda se trata de uma discussão sobre a legalidade, eles vão votar a favor.

Durante a sessão de segunda-feira (22), tanto Marcelo Silva (PSD), quanto Zé Carlos (PSB), que eram contrários até mesmo na legalidade, avisaram que vão votar a favor na Constileg e deixar o plenário decidir. 

"Eu sou contrário e votarei contra no Plenário. Mas por enquanto a análise é da legalidade e ele é constitucional", avaliou Zé Carlos.

O ÚNICO

Já Cirilo afirmou que mantém sua posição original, vai votar contra, mas ainda não há um prazo para isso ocorrer.

Permínio Monteiro e Vinicius Gratti não retornaram as ligações.

Mais do ACidade ON