Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

Política

Parlamento Jovem aprova PL que incentiva cuidado de árvores

De acordo com a proposta, haverá instalação de árvores nas calçadas de cidadãos de Campinas que se inscreverem no programa

| ACidadeON Campinas

O PJ volta a se reunir na próxima terça-feira (Foto: Divulgação) 

Com participação maciça dos 33 vereadores-estudantes, o Parlamento Jovem realizou a segunda reunião ordinária desta terceira edição do programa (a primeira de 2019). Oito projetos de lei foram analisados, dentre os quais um foi rejeitado e os demais, aprovados.

Entre os sete que passaram pelo crivo dos jovens parlamentares está o PL de autoria do vereador-estudante Wanderley de Souza Neto (Partido Saúde e Meio Ambiente-PSMA), que cria o programa Árvore na Minha Calçada.

De acordo com a proposta, haverá instalação de árvores nas calçadas de cidadãos de Campinas que se inscreverem no programa que teria mudas fornecidas e plantio realizado pelo Departamento de Parques e Jardins, e que daria ao munícipe um manual de informação sobre o cuidado das plantas.

"Fiquei muito feliz porque o projeto foi aprovado por unanimidade. É muito importante porque um dos maiores problemas que o mundo enfrenta hoje é a questão ambiental", diz Wanderlei Neto. Outros projetos sobre meio ambiente também foram aprovados, como o da vereadora-estudante Ana Paula Ferreria da Silva (Partido da Educação e Cultura PEC), que cria o Fundo de Nascentes e Mananciais; e o de João Paulo Miranda Lima (PSMA) que obriga estabelecimentos comerciais a substituírem sacolas de plástico por biodegradáveis.

Foram aprovados ainda o PL que cria abatimento no valor do IPTU para empresas que participem de campanhas de caridade (do vereador-estudante Caio Marques-PSMA); o que determina a colocação de cainhas, bebedouros e corredores para cães em praças de Campinas (Guilherme Nogueira-PEC); o que torna obrigatórias que as escolas públicas e particulares façam adaptações físicas e arquitetônicas para garantir acessibilidade física *Elem Ionara Custódio Paixão, do Partido Esporte, Lazer e Turismo Pelt); e o que dispõe sobre aulas de apoio e educação emocional a adolescentes de escolas municipais (Isabelle Roio Silva -PEC).

Já o item 2 da pauta, o PL do vereador Bryan Matheus dos Santos Mota (PSM), que proíbe o descarte dos resíduos em vias públicas do município de Campinas, foi rejeitado por 13 votos a oito, com 11 abstenções. A presidente do PJ, Kemilly Rodrigues da Silva, fala um pouco sobre como está sendo coordenar as reuniões do parlamento. "É um pouco complicado, principalmente para fazer com que as pessoas façam silêncio para ouvir quem precisa falar, mas com tempo a gente vai aprendendo", diz a jovem de 13 anos.

Vale lembrar que os projetos de lei aprovados no Parlamento não têm aplicação prática, mas deles é dado conhecimento aos vereadores "de verdade", que podem aproveitá-los em projetos reais, sempre dando mérito aos jovens alunos. Já as moções são encaminhadas normalmente, como as do próprio Legislativo. O PJ volta a se reunir na próxima terça-feira (11), às 8h30.

Mais do ACidade ON