Aguarde...

ACidadeON

Voltar

Política

PL quer fim de copo descartável no setor público de Campinas

No final de maio, em outra ação que mira os plásticos, foi sancionada a lei que acaba com canudos e exige a substituição por material reciclável ou biodegradável

| ACidadeON Campinas

PL ainda não entrou na pauta. Foto: Câmara Municipal/Divulgação

O vereador Carlão (PT) de Campinas protocolou um PL (Projeto de Lei) para a substituição de copos descartáveis por copos feitos de material comprovadamente biodegradável em todos os setores dos órgãos da Administração Pública do Município direta ou indireta, bem como na própria Câmara Municipal.

Esta é a segunda ação que mira os plásticos em Campinas. No final de maio o prefeito Jonas Donizette (PSB) sancionou a lei que obriga restaurantes, bares, lanchonetes e vendedores ambulantes a fornecerem canudos de papel biodegradável ou de material reciclável e embalados com material semelhante aos clientes. O projeto foi escrito pelo vereador Rubens Gás (PSC). Veja aqui 

"Os copos de plástico descartáveis são produzidos a partir de poliestireno, componente derivado do petróleo. Produtos fabricados a partir desse material não são biodegradáveis, ou seja, não são decompostos pela natureza, o que faz com o que o seu tempo no meio ambiente seja muito longo", justificou Carlão.

De acordo com a Abrelpe (Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos), no Brasil são consumidos cerca de 720 milhões de copos descartáveis por dia, o que corresponde a 1.500 toneladas de resíduos diariamente.

Já de acordo com dados da ONU, o plástico representa 80% do lixo no oceano e pode causar a morte de diversas espécies marítimas, que confundem os resíduos plásticos com alimentos e acabam ingerindo-os. Para reverter essa situação, é preciso colocar em prática o conceito de redução, reutilização e reciclagem desses materiais.

O PL ainda vai passar pelas comissões da Câmara antes de ir à votação.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso. Para mais informações, consulte nosso TERMO DE USO"

Facebook

Mais do ACidade ON