Aguarde...

Política

Jonas defende, de novo, a PEC da Previdência nos municípios

A proposta está para ser avaliada pelo Congresso Nacional para colocar os Estados e os Municípios aptos para reformar seus sistemas de aposentadoria

| ACidadeON Campinas

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB) (Foto: Prefeitura de Campinas) 

O prefeito de Campinas e presidente da FNP (Frente Nacional de Prefeitos) defendeu novamente a aprovação da PEC (Proposta de Emenda Constituição) paralela da reforma da Previdência e que funcionaria para os municípios. A defesa foi feita no 12º Encontro de Líderes, iniciativa da organização da sociedade civil Comunitas, realizado na sexta-feira (25), em São Paulo.

A proposta está para ser avaliada pelo Congresso Nacional para colocar os Estados e os Municípios aptos para reformar seus sistemas próprios de aposentadoria e pensões para o funcionalismo. O prefeito de Campinas defende desde o começo do ano a reforma da previdência válida também para os municípios. Para ele, a reforma é "outro ponto fundamental da discussão para o Brasil neste momento".

Em setembro, ele foi à Brasília defender a reforma. Jonas entregou ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre, um resumo das pautas que interessam aos municípios, com os temas que preocupam os prefeitos e que estão na agenda da Casa. Já ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia, as pautas abordadas foram, além da Reforma Previdenciária, também a Reforma Tributária.

Além da defesa da reforma, Jonas debateu o modelo de Estado e a questão social do País foi lembrada. "Saímos de um modelo de Estado que estava muito focado na parte do assistencialismo e estamos em um novo governo. O Brasil é um país que tem realidades sociais muito duras", avaliou o prefeito.

Ele contou que a FNP emitiu uma nota informando que todas as verbas de assistência social estão represadas. "Os municípios estão sustentando sozinhos esses programas e não sabem o que vão fazer agora no final do ano com essas verbas", disse.

EM SÃO PAULO

No encontro, Jonas participou do encontro e foi membro da roda de conversa sobre "Trajetórias da Retomada do Crescimento Econômico", ao lado dos governadores, secretários de Estado e empresários.

Estavam presentes os governadores Ronaldo Caiado (Goiás), Helder Barbalho (Pará), Romeu Zema (Minas Gerais), do ministro adjunto da Economia, Pedro Siza Vieira, do secretário de Fazenda do Estado de São Paulo, Henrique Meirelles, do empresário Rubens Ometto e do economista Ilan Goldfajn, ex-presidente do Banco Central.

O encontro teve o tema "Trajetórias da Retomada do Crescimento Econômico", foi mediada por Felipe Salto, diretor do Instituto Fiscal Independente (IFI).

Também estiveram presentes no 12º Encontro de Líderes o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, e os prefeitos das cidades pernambucanas de Caruaru, Raquel Lyra, e de Petrolina, Miguel Coelho, além de empresários como Carlos Jereissati Filho (Iguatemi), Luciano Huck e jornalistas.

Mais do ACidade ON