Aguarde...

ACidadeON

Voltar

Política

Bernardelli faz festa para devolver verba ao Executivo

Presidente parte da sessão em grande evento para anunciar devolução de R$ 31 milhões para a Prefeitura

| ACidadeON Campinas

Vereadores e servidores se juntaram para descerrar cheque (Foto: Cedida) 


O presidente da Câmara de Campinas, Marcos Bernardelli (PSDB), transformou o início do Pequeno Expediente da sessão desta quarta-feira (11) em uma grande festa para anunciar a devolução de R$ 31 milhões que sobraram do orçamento do Legislativo neste ano para a Prefeitura.

No plenário, atrás da Mesa Diretora, foram colocadas faixas que diziam "Servidores/vereadores agradecem a confiança" e "Gestão eficiente". No meio, estava uma representação em tamanho gigante do cheque com o valor devolvido.

Bernardelli leu uma carta aberta para a população de Campinas em que destacou que o valor devolvido é o "maior da história". Disse que a devolução foi possível diante de uma gestão eficiente dos recursos - neste ano, a Câmara aumentou seus gastos com a ampliação do pagamento do vale-refeição aos servidores comissionados.

"Agradeço o empenho empenho de todos os senhores vereadores sem exceção e dos servidores públicos. Não estamos fazendo nada mais do que a nossa obrigação como agentes públicos", disse o presidente.

Depois, Bernardelli chamou os vereadores e servidores que estavam na sessão para descerrar o cheque. A sessão desta quarta-feira (12) foi a última do ano.

A devolução de verbas no fim do ano é uma prática comum da Câmara. Pela Constituição, os legislativos municipais devem receber 4,5% das receitas totais das cidades por ano. No fim do exercício, a Câmara então devolve o dinheiro que não precisou utilizar.

EM MÃOS

Nesta quinta-feira (12), às 11h, Bernardelli, vereadores e servidores farão uma caminhada com o cheque da Praça Carlos Gomes até a Prefeitura para entregar o cheque ao prefeito Jonas Donizette (PSB).

O valor de R$ 31 milhões foi usado para que a Prefeitura pudesse suspender o aumento de 10% no IPTU para 150 mil imóveis no ano que vem.

Mais do ACidade ON