Aguarde...

Política

Campinas institui legislação para enfrentar poluição

O projeto de lei segue convenções, acordos e tratados internacionais

| ACidadeON Campinas

A proposta é motivada pelos efeitos do aumento dos gases de efeito estufa na atmosfera (Foto: Divulgação) 

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), assinou na tarde de terça-feira (7) e encaminhou para a Câmara, projeto de lei que institui a Política Municipal de Enfrentamento dos Impactos da Mudança do Clima e da Poluição Atmosférica de Campinas. A proposta é motivada pelos efeitos do aumento dos gases de efeito estufa (GEE) na atmosfera, que contribui para a rápida mudança no clima do planeta.

"Este projeto de lei aponta para um caminho que é de uma das cidades mais importantes do Brasil, dizendo o seguinte: nós queremos continuar o nosso desenvolvimento, mas queremos também qualidade de vida para a nossa população. Vamos fazer de Campinas uma cidade com qualidade de ar para que todos nós tenhamos saúde, vida e felicidade", disse o prefeito.

O projeto de lei segue convenções, acordos e tratados internacionais, além das legislações estadual e federal sobre o clima. Com o PL, Campinas se compromete a reduzir em 32% a emissão de gases de efeito estufa no prazo de 40 anos, "que parece longo, mas para uma cidade é algo factível", complementou o prefeito.

Com essa política municipal, Campinas se capacita para buscar recursos de fundos nacionais e internacionais, e financiamentos ligados a ações ambientais, para desenvolvimento sustentável. O município tem tido um comportamento de vanguarda em relação a ações que privilegiam as questões ambientais. A cidade faz parte do Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e Energia, da Cúpula Climática das Nações Unidas (ONU).

Mais do ACidade ON