Aguarde...

Política

Justiça obriga Sanasa a publicar salários de servidores em 10 dias

Sentença é da 1ª Vara da Fazenda de Campinas e deve ser cumprida independente de recurso da autarquia

| ACidadeON Campinas

Fachada da Sanasa, em Campinas (Foto: Carlos Bassan/PMC) 

A Justiça de Campinas obrigou a Sanasa, que oferece o serviço de distruição de água na cidade, a publicar a relação completa de salários dos servidores, junto com cargos, atribuições e salários. A decisão é do juiz Mauro Iuji Fukumoto e foi dada na quinta-feira (21).

Segundo o juiz, a decisão deve ser cumprida independente de recursos da Sanasa. Ele julgou parcialmente procedente o pedido de ação de fazer do vereador Tenente Santini (PP). Segundo o vereador, a Sanasa havia entregado a ele uma relação que não atendia a determinação judicial.

Isso porque, antes, a Sanasa já havia sido provocada na Justiça por Santini pelo caso e, como resposta, entregou um relatório com o nome dos servidores junto com os cargos e atribuições.

"Tal relação, contudo, não atende à necessidade do requerente, que é vincular servidor, nominalmente, aos vencimentos por ele recebidos, já constantes do Portal da Transparência, porém pelo número de matrícula", escreveu Fukumoto.

O Tribunal de Justiça de São Paulo determinou que a Sanasa disponibilize, no prazo de 10 dias, a relação nominal de todos os seus funcionários com seus respectivos cargos, atribuições e salários.

"Como vereador, quero fiscalizar essas informações, já que recebo com frequência denúncias de desvios de cargos e funcionários fantasmas na Administração Pública", afirma Santini.

OUTRO LADO

A Sanasa respondeu, por meio de assessoria de imprensa, que ainda não foi comunicada da decisão e, assim que o for, tomará as medidas cabíveis.

Mais do ACidade ON