Aguarde...

Política

Morte de candidata a vereadora gera comoção em Pedreira

Ana Paula Araújo disputaria a eleição de domingo ao lado do irmão; segundo a polícia, ela foi atingida pelo elevador da loja em que era gerente

| ACidadeON Campinas

Ana Paula Araújo candidata pelo Podemos (Foto: Reprodução/Facebook)
 A morte da candidata a vereadora Ana Paula Araújo (Pode), de 46 anos, provocou comoção em Pedreira nesta sexta-feira (13). Mensagens de carinho e solidariedade à família foram postadas por amigos e adversários políticos logo cedo nas redes sociais.  Ana Paula, vítima de um acidente de trabalho na segunda-feira (9), era irmã de Lica Di Araújo (Pode), candidato a prefeito de Pedreira nas eleições deste domingo (15).  

"Eu e minha família agradecemos a todos que estiveram em oração pela minha irmã Paula Di Araújo. Infelizmente anunciamos o seu falecimento nessa manhã, e pedimos a todos a compreensão e respeito pela nossa dor. Continuaremos firmes na caminhada até o final", escreveu o candidato em suas redes sociais.  

De acordo com boletim de ocorrência (BO), registrado na Delegacia de Pedreira, o acidente aconteceu na segunda-feira (9), às 16h, na loja de porcelanas em que Ana Paula trabalhava como gerente no bairro Cascalho. Segundo a Polícia Civil, a vítima descarregava mercadorias e foi atingida na altura do tórax pelo elevador de transporte de produtos que desceu repentinamente. A perícia esteve no local e a polícia vai investigar o caso.  

Ana Paula foi socorrida e depois levada ao Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp, em Campinas, onde permaneceu internada. Ela morreu nesta sexta-feira (13). A assessoria de imprensa da unidade informou que não tem autorização para confirmar ou dar detalhes sobre as causas da morte.  

Querida e respeitada  

Ana Paula Araújo, que tinha como nome de urna Paula Di Araújo, era muito querida em Pedreira, segundo os amigos. "Ela estava prestes a realizar um grande sonho, o de concorrer em uma eleição ao lado do irmão", diz a amiga Roseli Souza, próxima da família desde a infância, se referindo a parceria com Lica Di Araújo, candidato a prefeito pelo Pode.  

"Eu e minha família conhecemos a Paula e a família dela desde a infância. Faz pouco tempo que ela se aposentou. Trabalhava na loja havia 28 anos. Era uma mulher guerreira, humilde e trabalhadora. Uma irmã meiga e carinhosa e uma super filha. Uma pessoa dedicada e de um caráter sem igual ,que infelizmente nos deixou", prossegue Roseli. 

"Nos conhecemos há 30 anos. Ela sempre foi uma pessoa exemplar, amiga, parceira, sempre sorrindo. É muito difícil falar sobre a perda dela. Agora, precisamos cuidar de quem fica e acolher essas pessoas e auxiliar com amor e atenção", complementa o amigo Marcelo Duó. 

Partidos políticos manifestaram solidariedade através de postagens em redes sociais. Alguns candidatos chegaram a suspender as carreatas previstas para esta sexta-feira (13), vésperas da eleição de domingo (15). Até esta publicação a família não havia divulgado informações sobre os locais e horários do velório e do sepultamento. 



Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON