Aguarde...

Esse ano votaremos nos

Eleições

Justiça nega pedido de Dário e Wandão contra Delegada Teresinha

Dário (Republicanos) e Wandão (PSB) queriam direito de resposta contra uma propaganda eleitoral, mas a Justiça negou

| ACidadeON Campinas

O candidato à Prefeitura de Campinas Dário Saadi (Foto: Marília Rastelli/EPTV Campinas) 

A coligação Prontos Para Campinas, que tem Dário Saadi (Republicanos) e Wandão (PSB), como candidatos a prefeito e vice, perdeu uma ação na Justiça Eleitoral na qual pediam direito de reposta contra uma propaganda eleitoral da Delegada Teresinha (PTB).

Dário e Wandão entraram na Justiça afirmando que a Delegada Teresinha veiculou, por duas vezes na mesma propaganda, fatos caluniosos e mentirosos.

O MPE (Ministério Público Eleitoral) se pronunciou sobre a ação e pediu para que a Justiça negasse o pedido, alegando que não houve crime de calúnia, injúria ou difamação.

"Da análise dos trechos em questão, verifica-se que a requerida se limitou ao livre exercício da liberdade de expressão e da manifestação do pensamento, bem como à liberdade de crítica, inerente ao embate político", afirmou o juiz eleitoral Herivelto Araújo Godoy.

AS PARTES

Sobre a vitória, Delegada Teresinha afirmou que a ação quis apenas causar tumulto e que ficou satisfeita com a sentença.

"É importante que a justiça tenha prevalecido nesse caso, em que os autores da ação parecem não estar preocupados em discutir política e propostas, mas sim em tumultuar o ambiente das eleições", disse.  
 
A coligação Prontos Para Campinas foi procurada, mas até a publicação dessa reportagem não se pronunciou. A matéria será atualizada caso haja um posicionamento.

Mais do ACidade ON