Aguarde...

Esse ano votaremos nos

Eleições

Campinas: candidato não votou, mesário preso e santinhos nas ruas

Teve candidato que não foi votar por suspeita de covid-19, mesário preso e reclamações de santinhos nas ruas nos locais de votação

| ACidadeON Campinas

Eleições ocorreram neste domingo em Campinas (Foto: Luciano Claudino/Código19) 

 
A eleição do primeiro turno acabou às 17h deste domingo (15) em todo o Brasil. Em Campinas, teve candidato que não foi votar por suspeita de covid-19, mesário preso e reclamações de santinhos nas ruas nos locais de votação.

Logo pela manhã, o candidato à Prefeitura Artur Orsi (PSD) decidiu não votar após apresentar sintomas gripais e ter suspeita de contaminação por covid-19.

Segundo a assessoria do candidato, Orsi apresenta desde a noite de sexta-feira (13) sintomas similares a de uma gripe, com febre, dor de cabeça e tosse. Nesta semana, um colaborador próximo a campanha foi testado positivo para covid-19.

MESÁRIO PRESO  

O caso do mesário preso ocorreu na na E.E. Professora Maria Julieta de Godói Cartezani, no bairro Vila Maria Eugênia, próximo ao Tancredão.

Durante o dia, ele saiu e voltou da seção várias vezes, até que foi detido pela PM (Polícia Militar). Ele foi levado para a sede da PF (Polícia Federal).

SANTINHOS

No dia da eleição municipal, os eleitores encontraram as ruas de Campinas repletas com os "santinhos" de candidatos.

Os panfletos, com os números e as fotos de prefeitos e vereadores que concorrem nestas eleições, foram vistos espalhados pelas ruas, principalmente próximos a colégios eleitorais.

PREFEITURA

Ao todo são 14 nomes, em setembro, iniciaram suas campanhas para conseguirem chegar ao principal cargo do Palácio do Jequitibás. Os candidatos Dr. Hélio (PDT) e Edson Dorta (PCO) tiveram o registro de candidatura impugnados, mas como recorreram, os nomes apareceram nas urnas.

Mais do ACidade ON