Aguarde...

Esse ano votaremos nos

Eleições

2º turno: Campinas tem 11 urnas substituídas e escola sem energia

Campinas teve 11 urnas eletrônicas que tiveram que ser substituídas durante o horário de votação pela Justiça Eleitoral

| ACidadeON Campinas

Campinas teve urnas trocadas neste domingo. (Foto: Denny Cesare/ Código 19)
 

Campinas teve 11 urnas eletrônicas que tiveram que ser substituídas durante o horário de votação pela Justiça Eleitoral. Segundo o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), entre as 2.199 máquinas instaladas em 263 escolas municipais e estaduais, 11 apresentaram defeitos.

Foram trocadas os equipamentos nas seguintes escolas: E.E. João Fiorello Reginato (Padre Anchieta), E.E. Therezina da Fonseca Pares (Jardim das Bandeiras) , E.E. Deputado Eduardo Barnabé (DIC I), Escola Paul Eugene Charbonneau (Jardim Fernanda), Senac (Vila Itapura), CEI Jardim Encantado (Jardim Campos Eliseos), E.E. Álvaro Cotomacci (Jardim Novo Maracanã), Colégio Pio XII (Bosque), E.E. Prof. Adiwalde de Oliveira Coelho (Taquaral), Colégio Progresso (Cambuí), E.E. Prof Castinauta de Barros Mello e Albuquerque (Jardim Campineiro).  
 
LEIA TAMBÉM 
Eleições: Confira aqui a apuração dos votos de Campinas em tempo real
Eleitores relatam poucas filas e movimento tranquilo na hora do voto
 

Em todo Brasil o TSE informou que substituiu durante o horário da votação 583 urnas apresentaram defeito e foram trocadas. O número corresponde a 0,40% do contingente de 97 mil equipamentos utilizados no pleito.

O TSE também informou que, em uma seção eleitoral em São Paulo, a votação ocorreu de forma manual devido a um defeito apresentado por uma urna.

Queda de energia

A Escola Estadual Conjunto Vida Nova III ficou sem energia após um veículo bater contra um poste. Apesar do acidente, a falta de energia não atrapalhou a votação já que o cartório enviou baterias extras. Segundo a CPFL Energia, a energia foi restabelecida na tarde deste domingo.

Mais do ACidade ON