Aguarde...

Esse ano votaremos nos

Eleições

Com 57% dos votos, Dário Saadi é eleito prefeito de Campinas

Dário venceu o deputado estadual Rafa Zimbaldi no segundo turno das eleições campineiras

| ACidadeON Campinas

Dário Saadi foi eleito prefeito de Campinas (Foto: Denny Cesare/Código19)

O médico Dário Saadi (Republicanos) será o novo prefeito de Campinas a partir do dia 1º de janeiro de 2021. Com 100% das urnas apuradas na cidade às 19h40 deste domingo (29), Dário garantiu 57,07% dos votos válidos - o equivalente a 222.030 votos. Ele venceu o deputado estadual Rafa Zimbaldi (PL), que ficou com 42,93% dos votos validos (166.995).  

O candidato e o prefeito Jonas Donizette (PSB) falaram com a imprensa logo após a confirmação do resultado. Confira: 


O segundo turno em Caminas teve ainda 45.524 (8,34%) votos em branco, 111.587 (20,43%) nulos e 297.297 (35,25%) abstenções.

Dário terminou o primeiro turno também na liderança. Ele recebeu 121.932 votos - um percentual de 25,78%. Rafa Zimbaldi terminou na segunda colocação, com 103.397 votos - um percentual de 21,86%.

Esta foi a primeira vez que Dário se lançou como candidato à Prefeitura. Ele foi escolhido como o candidato apoiado pelo prefeito Jonas Donizette (PSB) no dia 25 de agosto, juntamente com o vice Wanderlei Almeida, o Wandão (PSB).

Em 2012, Dário chegou a ser candidato como vice-prefeito da chapa de Pedro Serafim, mas teve que renunciar após ser barrado pela Lei da Ficha Limpa por ter tido as contas rejeitadas de quando foi presidente da Câmara Municipal.  



O NOVO PREFEITO

Dario Saadi tem 58 anos, é médico urologista e mora em Campinas há 38 anos. Formado pela PUC-Campinas, trabalhou no Hospital Municipal Mário Gatti, onde também ocupou o cargo de presidente.

Foi eleito vereador por quatro mandatos e ocupou o posto de presidente da Câmara Municipal. Dário esteve à frente da Secretaria de Esportes nos últimos cinco anos, cargo que ocupou até junho, quando se desvinculou justamente para disputar as eleições.

A CAMPANHA

O desempenho de Dário Saadi na campanha foi surpreendente. Coadjuvante no governo do prefeito Jonas Donizette (PSB), o ex-secretário de Esportes apareceu com apenas 6% das intenções de voto na primeira pesquisa do Ibope, no dia 5 de outubro, na sexta colocação.

Após o início da propaganda em rádio e TV e de uma campanha que focou na construção de uma figura séria e com experiência em gestão pública, Dário saltou para 22% na pesquisa do dia 27. E terminou o primeiro turno como o candidato com mais votos.

No segundo turno, a campanha mudou e ganhou um tom pessoal, com ataques de ambos os lados. Dário soube administrar a vantagem e manter a imagem criada ao longo da campanha no primeiro turno. Rafa perdeu musculatura e não conseguiu virar o jogo.

Mais do ACidade ON