Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

Especial Névio Archibald

Após denúncias e CP, Jonas tenta emplacar "agenda positiva"

Prefeito de Campinas busca recuperar a popularidade com projetos de lei de impacto e anúncios em suas redes sociais

| Especial para ACidade ON

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (Foto: Luciano Claudino/Código 19) 

Depois de escapar da cassação e de ser reeleito presidente da FNP (Frente Nacional de Prefeitos), Jonas Donizette (PSB), chefe do Executivo de Campinas, tenta emplacar uma "agenda positiva", com anúncios como o da Lei do Puxadinho e a que proíbe a criação de animais em cativeiro. As divulgações que tem feito em suas redes sociais é uma das tentativas de resgatar a credibilidade do seu governo, abalada por sucessivos escândalos de corrupção e que envolve uma área crítica: a saúde.

O prefeito teve sua popularidade abalada principalmente após a Operação Ouro Verde, que promoveu a prisão de ex-servidores públicos e de um de seus braços direitos, o ex-secretário de Assuntos Jurídicos Silvio Bernardin. Além disso, Jonas também é investigado pelo MPF (Ministério Público Federal) por irregularidades em um contrato da merenda escolar em Campinas.

Nesta segunda, ele falou em sua página no Facebook sobre o concurso público com 266 vagas na Administração e sobre a liberação do pontilhão sobre a Anhanguera no Jardim Garcia.

SITUAÇÃO COMPLICADA

Na Saúde, aliás, a coisa não anda nada boa. O atendimento ainda é precário e as unidades estão superlotadas. Jonas também não parou com as modificações no seu quadro de confiança e tenta agora agraciar os que o ajudaram a se manter no poder durante a Comissão Processante, na Câmara de Campinas. Jonas escapou da cassação e continua sua tentativa de reagrupar a base o Legislativo.

PREVIDÊNCIA

Jonas também tem intensificado sua campanha pela aprovação da Reforma da Previdência de Jair Bolsonaro (PSL).  A articulação é importante porque o peessebista quer que as regras sejam adotadas para o município. O governo reclama do déficit do Camprev e dos aportes que diz ter que fazer para bancar as aposentadorias dos servidores. Jonas até tentou encaminhar um projeto para fazer valer a reforma em Campinas. Mas a proposta não teve vida longa. Ele agora espera que o governo federal tenha sucesso com o projeto para que ele possa seguir a mesma linha na cidade.

GUERRA NO PTB

Tudo indica que a chapa esquentou no PTB. Segundo informações de filiados, o vereador Jorge Schneider, presidente do partido em Campinas, tem feito um "uso pessoal da legenda" com tentativas ousadas de dominar a participação no governo Jonas, ou seja, de alocar seus indicados em todas as funções disponíveis.

NÃO QUEREMOS

A atitude não tem agradado caciques da legenda. Uma das tentativas de Schneider é tirar a presidente da Fundação José Pedro de Oliveira das mãos de Sinval Durigon. O pessoal não gostou e deixou claro que se o vereador avançar esse sinal, o clima vai esquentar ainda mais. Outras lideranças petebistas também querem espaço para crescer e avançar em 2020.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON