Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

Especial Névio Archibald

Desgastado no PSB, Jonas avalia mudança para o DEM

Proximidade política do prefeito com João Doria desagrada cúpula do partido; DEM é aliado do governador e daria mais força a Jonas na relação com o governo estadual

| Especial para ACidade ON

Rodrigo Garcia (DEM), vice-governador, e Jonas Donizette (Foto: Divulgação/Prefeitura de Campinas) 

No meio político de Campinas crescem as informações a respeito da possibilidade do prefeito Jonas Donizette deixar o PSB e se filiar ao DEM. Desgastado na legenda e mais próximo dos integrantes do governo de João Doria (PSDB), a ida do prefeito para os democratas pode dar a ele mais poder de articulação junto a figuras que hoje comandam o poder no Estado, como Rodrigo Garcia, vice-governador e secretário de Governo, que é do DEM e que comanda as principais pautas da atual gestão.

AZEDOU

Segundo figuras próximas a Jonas, as relações com os líderes do PSB em São Paulo azedaram nos últimos tempos, principalmente por causa da aproximação entre Jonas e Doria, que teria saído do simples campo de pautas entre Prefeitura e Estado para entrar em uma seara mais política, o que teria desagradado Márcio França, uma das principais lideranças peessebistas em São Paulo.
Jonas tenta, junto a Doria, a nomeação de deputados federais eleitos pelo PSB para que seu sobrinho, Luiz Lauro Filho (PSB), que é suplente do partido, assuma uma cadeira na Câmara.

MAIS FORÇA

Se a saída se concretizar, o DEM passa a ter mais protagonismo político na cidade. Vale lembrar que, no âmbito municipal, Jonas rompeu com a sigla e chegou, inclusive, a demitir comissionados depois de votos contrários do vereador Campos Filho (DEM) na Comissão Processante que avaliava as responsabilidades do chefe do Executivo no Caso Ouro Verde, em denúncias de corrupção e fraudes em licitação na Saúde.

VAI DAR NAMORO?

Resta saber agora se o DEM vai abraçar o prefeito com a série de denúncias e condenações que pairam sobre sua gestão. Os democratas já demonstraram interesse em ter candidatura própria a Prefeitura. O nome cotado é o do ex-presidente da Cohab, Samuel Rossilho, que pediu exoneração do governo justamente após o término da Comissão Processante.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON