Aguarde...

ACidadeON

Voltar

Especial Névio Archibald

Vereador vai ao MP após fala de Carmo Luiz sobre R$ 300 mi

Marcelo Silva vê demonstração de que Prefeitura já tem empréstimo negociado mesmo sem projeto que o autoriza ter sido aprovado

| Especial para ACidade ON

O vereador Marcelo Silva (Foto: Divulgação)

O vereador Marcelo Silva (PSD) apresentou uma representação ao Ministério Público Estadual para que o órgão investigue a fala de Carmo Luiz (PSC) sobre a intenção da Prefeitura captar um empréstimo de até R$ 300 milhões.  

LEIA MAIS 
Secretário diz que "metade" de empréstimo vai para o BRT

O projeto foi aprovado em primeira discussão na última quarta-feira (6) e será votado em segunda discussão hoje (13). Se for aprovado, o governo estará autorizado a realizar o chamamento público para contratar a instituição financeira que fará o empréstimo.

Na tribuna da Câmara, Carmo disse que o governo "já tem autorizado R$ 200 milhões". Ao ser interrompido por colegas, de que na verdade o valor é de R$ 300 milhões, ele continuou. "O valor que foi autorizado foi de até R$ 300 milhões. O governo conseguiu empréstimo agora de R$ 200 milhões e vai tentar R$ 100 milhões em outros bancos", disse, para a perplexidade dos vereadores presentes.

Para Marcelo Silva, a fala pode ser um indicativo de que o empréstimo já está acertado mesmo antes do projeto ter sido aprovado.

"Entendo por isso restar caracterizado em princípio improbidade administrativa que atenta contra os princípios da administração pública em razão de possível frustração do futuro chamamento público e licitação para contratação da operação de crédito, que precisa ser acompanhada de perto", disse o vereador no pedido ao MP.

Nesta terça-feira (12), o prefeito Jonas Donizette (PSB) desmentiu o vereador e disse que o processo de contratação seguirá todos os ritos legais

Marcelo Silva também cogita pedir a abertura de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para averiguar a contratação. Ele, no entanto, afirmou que vai esperar primeiro os próximos passos, e que foi ao MP para que o órgão possa monitorar a situação.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso. Para mais informações, consulte nosso TERMO DE USO"

Facebook

Mais do ACidade ON