Aguarde...

Especial Névio Archibald

Quarteto forma "aliança" e terá candidato a prefeito em 2020

Grupo se une em torno de "pessoas" e não de "partidos", garantem integrantes

| Especial para ACidade ON

A foto postada nesta segunda nas redes sociais dos vereadores (Foto: Divulgação) 

Os vereadores Marcelo Silva (PSD), Tenente Santini (PSD), Nelson Hossri (Podemos) e Vinícius Gratti (PSB) anunciaram nesta segunda-feira (25) a "Aliança por Campinas". Todos eles postaram a mesma foto - os quatro reunidos em torno de uma mesa - em suas redes sociais.

A referência óbvia é ao Aliança pelo Brasil, partido formado pelo presidente Jair Bolsonaro após sua saída do PSL. Mas os integrantes do novo grupo negam qualquer intenção neste sentido.

"Não tem nada a ver com partido, tem a ver com pessoas", disse Nelson Hosrri. Marcelo Silva completa: "Não estamos pensando no partido do Bolsonaro, eu posso dizer que continuo firme e forte no PSD", afirmou.

Mas em um ponto, os dois concordam: do quarteto sairá um candidato a prefeito em 2020. "Vamos encaixar alguém na chapa majoritária, alguém que tenha condições de ganhar", disse Silva.

"Queremos ter alguém neste grupo que seja candidato a prefeito ou a vice", afirmou Hossri.

O mais óbvio é que Tenente Santini seja o candidato - ele é o mais colado ao Bolsonarismo e, como ele mesmo já disse, será o responsável pelo diretório municipal da Aliança pelo Brasil, depois de todos os trâmites para a formação do partido.

O vereador, no entanto, só poderá trocar de sigla no ano que vem, na janela partidária, o que não deve acontecer até a formalização do partido de Bolsonaro. Santini, inclusive, havia colocado cinco assessores de seu gabinete no PSL, meses antes de Bolsonaro abandonar o partido após um racha na legenda. Neste cenário, é pouco provável que ele vá para o PSL.

EXEMPLO

A estratégia da "Aliança por Campinas" está na moda. No Congresso, o Movimento Acredito, encabeçado pelos deputados Tabata Amaral (PDT-SP) e Felipe Rigoni (PSB-ES) e pelo senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), luta por pautas à revelia da vontade de seus partidos.

Mais do ACidade ON