ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

vidaeestilo

Campinas recebe a 5ª edição da Mostra da Diversidade Sexual

A Mostra acontecerá de 05 a 14 de julho, com exibição de curtas e longas metragens, seguidos de debates

| ACidadeON/Campinas

A Mostra acontecerá de 05 a 14 de julho, com exibição de curtas e longas metragens, seguidos de debates (Foto: Sandra Lopes) 

A MoDive-Se (Mostra da Diversidade Sexual de Campinas) chega a sua quinta edição, a partir desta quinta (5) e segue com atividades até o dia 14 de julho, no Museu da Imagem e do Som, ampliando ações de difusão de produtos culturais com a temática LGBT, inéditos no município.

Nesta edição, o MoDive-se propõe a ampliação do debate sobre o fazer artísticos, sobretudo a partir das repercussões de exposições e performances ocorridas recentemente. Assim, a sessão de abertura (05 de julho) será constituída de filmes que utilizam o nu e o sexo em suas narrativas.

Como o intuito da mostra também é gerar diálogo, a outra sessão de curtas (12 de julho) será composta por filmes que debatem questões identitárias, sobretudo o filme convidado desta edição, Baile de Formatura, do cineasta Lufe Steffen, que traz relatos verdadeiros ocorridos com LGBTs em bailes de formatura.

O grande destaque desta edição será a exibição do longa metragem Luana Muniz Filha da Lua, inédito no município e que retrata a vida da autora do bordão "tá pensando que travesti é bagunça?". A exibição será no dia 12 de julho, no Museu da Imagem e do Som de Campinas, às 19:30.

"Para muito além do entretenimento, sabemos que a arte pode (e deve) ter caráter provocativo e contestador", afirma Roberto Limberger, coordenador da proposta. Reforçando a aspecto plural da mostra, já foi realizada uma oficina de roteiro cinematográfico, além de uma exposição virtual de fotos do ensaio (RE) Existir, resistir, realizar, reinventar-se da fotógrafa Sandra Lopes.

Confira a programação completa no site www.modive.se

Veja também