Publicidade

lazerecultura

Piettra Portas: a pequena guardiã da natureza de Águas de Lindoia

Menina de 9 anos faz parte da equipe de bombeiros voluntários da cidade e já participa de atividades como soltura de animais

| ACidade ON - Circuito das Águas -

Piettra fez treinamento e recebeu certificação para atuar como bombeira voluntária (Foto: Arquivo/Thiago Portas)
Piettra Nunes Portas tem apenas 9 anos, mas vive aventuras de gente grande em sua cidade natal, Águas de Lindoia, estância do Circuito das Águas. Aluna do terceiro ano do Ensino Fundamental, a menina  faz parte da equipe dos bombeiros voluntários da SOS Meio Ambiente, agrupamento que se coloca à disposição da sociedade de Águas e municípios vizinhos para os mais diferentes desafios: combate a incêndios, resgate de animais e outros benefícios gratuitos.    

Piettra, que sonha se tornar uma bombeira profissional, tomou gosto pelas atividades do grupo influenciada pelo pai, Thiago Portas, que coordena a equipe. Entre todas as ações realizadas pelos voluntários, a sua preferida é quando envolve animais. A garotinha já participa missões de soltura de espécies resgatadas, muitas vezes feridas por incêndios florestais ou mesmo por ataque de outros bichos.  

"Gosto muito de animais e de resgatá-los quando precisam de ajuda.  Já ajudei a soltar um gavião na natureza, por exemplo, e estes dias liberei um ouriço que estava em um hotel. Quando eu crescer quero ser bombeira para poder ajudar as pessoas também", diz Piettra com a certeza de já ter os planos para o futuro definidos.

Ela conta que sempre admirou de ver o pai em ação. "Queria ajudar também. Então, comecei a frequentar os bombeiros voluntários quando eu tinha cinco anos. Hoje estou com nove", acrescenta. 

A pequena Piettra ao lado dos bombeiros (Foto: Thiago Portas)
Thiago Portas incentiva a filha a participar das atividades dentro do que considera uma  zona de segura. Nada de incêndios, por exemplo. Portas conta que Piettra é muito apegada a ele e ama o que faz.  

"Ela cresceu acompanhando meu trabalho. Quando era pequena chorava para ir junto nas ocorrências. Além disso, gosta muito de ajudar as pessoas e os animais. Águas de Lindoia, onde vivemos, é uma cidade onde a fauna e a flora se fazem presente e são ricas. A Piettra logo cedo procurou um contato mais próximo com a natureza. Percebi a aptidão, então, a inscrevi em um treinamento de brigada de emergência. Ela fez a prova e passou. Se eu não me engano com nota 8,6", conta o pai orgulhoso. 

Segundo o líder da SOS Meio Ambiente, Piettra fez o treinamento normal, com algumas adaptações. "A pressurização da mangueira usada para apagar incêndios foi mais baixa e teve toda a prevenção para que ela não tivesse contato com o fogo. Mas o que foi possível ensinar com segurança, foi ensinado. Até porque foi importante para que enfrentasse todos os seus medos. Ela se mostra muito corajosa, inclusive já desceu um rapel de 15 metros sozinha como parte de um treinamento prático", acrescenta o pai.  

Piettra fez treinamento e recebeu certificação para atuar como bombeira voluntária (Foto: Thiago Portas)
Leia também:  
Águas: bombeiros voluntários fazem campanha para levantar fundos 

Embora a carreira só esteja no início, Piettra já tem histórias para contar. No começo de outubro foi a responsável  pela soltura de um ouriço resgatado em um hotel de Águas de Lindoia. Já era noite quando, acompanhada pelos bombeiros da SOS Meio Ambiente, abriu porta da caixinha de transporte de animais e o recolocou à natureza. O animal voltou para casa. Foi uma noite em que dormiu feliz. 

A Piettra também é preocupada com o meio ambiente. "Enquanto tirávamos um parasita de uma amoreira, a ela pegou um saco de lixo e retirou todas as folhas de uma pracinha da cidade: 'olha pai, minha parte eu já fiz. Peguei todo o lixo', disse sem que ninguém lhe pedisse algo naquele dia", conta Thiago Portas. 

A família preza pela segurança da menina, mas a apoia em sua sua escolha. Quanto ao futuro, ela terá a liberdade de optar pela carreira militar ou outra a profissão que venha se apaixonar. Mas tudo indica que os animais farão parte de sua vida para sempre,   

(Por Rebeca Freitas com supervisão de Ivan Lopes)

Piettra entre viaturas da Polícia Militar (Foto: Thiago Portas)

 

Mais notícias


Publicidade