Publicidade

Blogs e colunas   -   alma inclusiva

Gincana do Bem: doe sangue, agasalhos, alimentos e materiais de higiene

A ação foi lançada pela Sociedade de Medicina e Cirurgia de Campinas, em parceria com o Hemocentro da Unicamp, e as doações já podem ser feitas em nome de faculdades de Medicina de Campinas e região

| ACidade ON - Circuito das Águas -

Foto: Reprodução/Site Supermercados Dalben
As doações de sangue caíram entre 10% e 20% este ano no Centro de Hematologia e Hemoterapia da Universidade Estadual de Campinas (Hemocentro da Unicamp) devido à pandemia de Covid-19, sendo que há aproximadamente um mês essa queda chegou a 60% por conta de mais um componente, o frio, fazendo com que cirurgias fossem suspensas. A informação é do médico Vagner de Castro, diretor do Serviço de Coleta do Hemocentro da Unicamp.

"Atualmente os estoques não estão mais críticos, mas continuam em nível de alerta, visto que a recuperação é lenta e depende da continuidade de comparecimento de doadores", explicou Castro. Criado em 1985, o Hemocentro da Unicamp atua como centro de referência em nível terciário e quaternário para a região de Campinas nas áreas de hematologia e hemoterapia, atendendo a uma população de aproximadamente 6 milhões de habitantes, distribuídos em cerca de 120 municípios.

Esse baixo estoque de sangue levou a Sociedade de Medicina e Cirurgia de Campinas (SMCC) a propor uma "gincana do bem", que ampliou os tipos de doações a serem feitas: além de sangue e plasma convalescente, qualquer pessoa pode doar também alimentos, itens de higiene, agasalhos, cobertores, calçados e equipamentos de proteção individual (EPIs) para a área de saúde. Essa ação ganhou o nome de Dia D Doação, a ser realizada em 7 de setembro. Mas, como é uma gincana, as doações já podem ser feitas.

Para quem as doações serão repassadas

O evento conta com o apoio da Fundação Feac (Federação das Entidades Assistenciais de Campinas) e da Prefeitura de Campinas. A assessoria de imprensa da SMCC explicou que a iniciativa faz parte da campanha "Seja um Herói Junto com a Gente", que quer arrecadar o maior número de itens para beneficiar a população de diversas formas. 

"Queremos ser o facilitador e a ponte entre quem precisa de ajuda e quem pode ajudar", reforçou o organizador do evento e diretor comercial e de marketing da SMCC, o médico Marcelo Amade Camargo. Foto: Divulgação
Os alimentos e produtos de higiene serão destinados à campanha Mobiliza Campinas, da Feac. Já falamos sobre essa ação no Alma Inclusiva. Clique aqui para ler a matéria. "As doações de agasalhos, cobertores e calçados vão para a Campanha do Agasalho da Prefeitura de Campinas. Os EPI´s, para a Secretaria de Saúde de Campinas", explicou o organizador do evento e diretor comercial e de marketing da SMCC, o médico Marcelo Amade Camargo, por meio da assessoria de imprensa.

"Já o sangue e o plasma convalescente vão para o Hemocentro da Unicamp, que montará uma estrutura completa, na sede da SMCC, no dia do evento, 7 de setembro, para 120 doadores", continuou Camargo." O envolvimento dos acadêmicos de Medicina da região visou ampliar a ajuda a milhares de pessoas e trabalhar a questão da solidariedade em dezenas de futuros médicos. Afinal, como diz o slogan da campanha: Herói é quem ajuda o próximo.

Participam da campanha acadêmicos de medicina da Unicamp, PUC-Campinas, São Leopoldo Mandic e Grupo UniEduK (Centro Universitário de Jaguariúna/UniFAJ, Centro Universitário Max Planck/UniMAX e Faculdade de Agronegócios de Holambra/FAAGROH). Cada faculdade é um time do Dia D de Doação. Ganha quem arrecadar mais pontos com as doações. Acrescentou que qualquer pessoa pode doar, seja antecipadamente, fazendo contato com uma das faculdades, ou no dia do evento.

"Nós queremos envolver o maior número de pessoas possível nesta ação. A pandemia trouxe desafios para todo mundo e há muita gente precisando de ajuda. Queremos ser o facilitador e a ponte entre quem precisa de ajuda e quem pode ajudar. Qualquer doação, mesmo que pareça pequena, faz a diferença quando juntamos tudo", reforçou o organizador.  

A assistente social Kelly Cristina Borges, da Captação de Doadores de Sangue do Hemocentro da Unicamp, e os representantes das quatro faculdades de Medicina participantes da gincana do bem dão depoimento em vídeo. Aperte o play para assistir ao vídeo.  


Como ajudar antes do evento

Basta entrar em contato com o time que quiser ajudar e combinar a entrega da doação ou o agendamento para a doação de sangue (no dia, só poderão doar pessoas previamente cadastradas). Os e-mails dos times são: 

  • TIME UNICAMP - diadtimeunicamp@gmail.com 
  • TIME PUC CAMPINAS - diadtimepucc@gmail.com 
  • TIME SÃO LEOPOLDO MANDIC - diadtimeslmandic@gmail.com 
  • TIME UNIEDUK - diadtimeunieduk@gmail.com   


Para doar alimentos, não precisa sair de casa


Também já é possível comprar uma cesta básica no link https://supermercadosdalben.com.br/diad e escolher qual time vai receber a sua doação. A entrega será feita diretamente à campanha pelo Supermercado Dalben, parceiro do evento. O valor da cesta básica é R$ 60,00.

Como ajudar no Dia D de Doação -7 de setembro 

Todas as doações (com exceção do sangue e plasma convalescente, que precisam de agendamento prévio) poderão ser entregues diretamente na sede da SMCC, no dia 7 de setembro, das 8h30 às 15h, em sistema drive-thru. A SMCC fica na Rua Delfino Cintra, 63, no Centro de Campinas. Na hora da entrega, se a pessoa quiser, poderá escolher o time que vai receber seus donativos.

Então, o convite para doar está feito. Doe sangue. Muitas pessoas precisam dele, como pacientes com cânceres do sangue, como as leucemias agudas, portadores da talassemia maior, tipo de anemia grave e hereditária, e vítimas de acidentes. As transfusões sanguíneas fazem parte do tratamento e delas dependem a vida de muitos. Os estoques de bolsas de sangue estão escassos nos hemocentros de diversas regiões do país. Mas, se não puder doar sangue, você pode doar peças do vestuário, alimentos e EPIs. Doar é um ato de amor. 

A "gincana do bem" tem o apoio da Fundação Feac (Federação das Entidades Assistenciais de Campinas) e da Prefeitura de Campinas, e parceria com os Supermercados Dalben. Foto: Wagnercvilela/Pixabay



Sobre o Blogueiro

Alma Inclusiva

Nice Bulhões é jornalista, disléxica e mãe azul. Pantaneira, nasceu em Corumbá (MS) e mora em Campinas (SP) há mais de 20 anos. Passou por redações de jornais impressos nos dois estados e atualmente faz assessoria de imprensa. No blog, trata de assuntos referentes a todas as formas de inclusão.


Publicações


Facebook


Publicidade

Publicidade