Aguarde...

Como evitar acidentes com escorpiões nas trilhas e em casa.

Vamos ver 20 super dicas de como evitar problemas e acidentes com escorpiões nas trilhas e nas casas.

| ACidade ON - Circuito das Águas

DICAS ÚTEIS PARA EVITAR ACIDENTES COM ESCORPIÕES 

Escorpião.

Vamos ver algumas dicas úteis para evitar acidentes com escorpiões em casa e nas trilhas.
O mundo é dos bichos, nós que invadimos. Já viu essa frase em algum lugar?
É isso mesmo, o mundo pertence aos seres vivos que nele habitam a mais de 3,5 bilhões de anos, nós seres humanos que queremos modificar o planeta ao nosso gosto e vontade, com isso enfrentamos problemas na relação com a natureza e os animais em vários locais.
Quando jogamos nossos restos de alimentos na pia da cozinha, promovemos a criação das baratas que são principal fonte de alimento dos escorpiões. Entre as cerca de 1050 espécies conhecidas, apenas um pequeno número é perigoso para os seres humanos a maioria produz uma reação semelhante à da ferroada da abelha. 

Escorpião predando grilo.

Hoje vamos ver como evitar escorpiões, um dos artrópodes que mais causam problemas nas cidades. O escorpião, é um animal invertebrado artrópode (com patas formadas por vários segmentos) que pertence à ordem Scorpiones estando enquadrado na classe dos aracnídeos.
Em época de calor os escorpiões voltam a procurar alimento. Muitos casos continuam sendo relatados principalmente em grandes cidades. 


1. Não passe veneno. Venenos comuns não matam escorpião. Eles possuem um sistema respiratório capaz de fazer com que fiquem paralisados por um tempo e depois voltam ao normal, aí vão procurar proteção dentro das casas, armários etc. 

Escorpiões perigosos.

De acordo com Manual de Controles de Escorpiões do Ministério da Saúde, dedetizar um ambiente a fim de exterminar os escorpiões faz com que os animais se desalojem, mas permaneçam vivos, aumentando os riscos. Com a aplicação pulverizada do produto, os animais se movem para regiões de superfície, onde não há veneno, e a possibilidade de acidentes aumenta.
2. Tampe ralos com tela, feche as frestas embaixo das portas à noite. Tampe buracos e rachaduras de sua residência. Tampe tomadas não utilizadas. Jogue água sanitária semanalmente nos ralos.
3. NÃO acumule lixo no quintal. NÃO acumule entulho. Se tiver alimento para ele, ele vai no seu quintal. Escorpiões gostam basicamente de grilos e baratas. Deixe as lagartixas em paz, elas são suas amigas nesse caso.
4. DENUNCIE vizinhos que tenham lixo / entulho acumulado.
5. Caso encontre um escorpião, jogue um veneno para paralisá-lo. Então o coloque em um recipiente com água e chame a Vigilância Sanitária para que ela possa identificar a espécie e ter os dados do local (o que facilitará um trabalho de controle por parte da Prefeitura).
6. Deixe berço e cama desencostadas da parede. Não deixe cobertas, lençóis caídos da cama para o chão, para que eles não possam subir.
7. CUIDADO com casinha de bonecas esquecidas lá no fundo do quintal, onde só a criança entra e os pais nunca vão fazer uma inspeção. CUIDADO com tocas, barracas... cheque antes da criança entrar. CUIDADO com caixas de brinquedo.
8. Mantenha seu quintal sem mato e com a grama aparada.
9. Parece engraçado recomendar isso, mas galinhas são predadores naturais dos escorpiões. Galinhas d'Angola além de predadores de escorpião são ótimas vigilantes para sua casa.
10. Vai organizar armários? Nesse momento em que se fala tanto em escorpião, que tal usar luvas de proteção para evitar surpresas? Já houve incidentes com escorpião escondido em meio a toalhas.
11. Ensine seus filhos. Mostre fotos. Existem animaizinhos de Jesus, bichinhos da natureza dos quais devemos manter distância.
12. A picada do escorpião é bastante dolorida e não causa inchaço, nada visivelmente assustador. Se a criança apresentar muita dor e você não tiver visto o que a picou, leve no hospital. Se identificou, vá ao hospital levando o escorpião junto em um vasilhame seguro.
13. JAMAIS passe álcool no local da picada, apenas lave com água em abundância e coloque gelo.
14. Caso você ou um familiar tiver sido picado por um escorpião e estiver no hospital, entenda que há necessidade de se fazer um exame prévio para depois ser aplicada a sorologia. Não fique nas redes sociais reclamando de negligência do hospital ou dos profissionais sem entender antes o procedimento.
15. Algumas espécies de escorpião possuem reprodução assexuada, o que permite que uma fêmea tenha filhotes sem a necessidade de um escorpião macho. Isso facilita infestações, pois ela pode criar de 20 a 30 filhotes cada vez.
16. O escorpião tem o metabolismo lento e pode ficar por um longo período escondido sem se mover e sem se alimentar.
17. O animal tem preferência por locais frescos e úmidos (restos de entulho, montes de folhas, madeiras velhas etc.). Dentro das residências, sua preferência é por roupas limpas, cesto de roupas sujas (por causa do cheiro humano), sapatos fechados (CHEQUE sempre antes! Ensine seu filho a checar). Ele também gosta de móveis de madeira, canos de esgoto e pequenas gretas no chão e paredes (CUIDADO com os bebês curiosos que engatinham e mexem em qualquer buraquinho). Revise diariamente a cama / berço, sapatos fechados...
18. Quando se fala em escorpião, se deve pensar em CONTROLE. Adote as medidas acima. ESQUEÇA qualquer orientação sobre veneno (é PIOR). O veneno só serve para tirar o animal de seu habitat natural e fazer com que ele adentre as residências. Se quiser usar veneno, use para baratas (aqueles que você coloca uma gotinha em um canto e elas levam para o ninho) e SÓ. Mas MUITO CUIDADO se tiver criança ou animal de estimação em casa. Não se iluda com os famosos venenos que não tem cheiro (fazem mal do mesmo jeito).
19. O escorpião amarelo é mais perigoso que o preto. Sua picada pode ser fatal, principalmente em idosos acima de 70 anos e crianças com menos de 30 quilos.
20. FAÇA A SUA PARTE! 


Compartilhe a informação para que outras pessoas também façam a parte delas. CONTROLE é a palavra-chave. Aproveite o final de semana para limpar seu quintal.
- Verifique se há torneiras com vazamento na casa, já que eles preferem locais úmidos.
- Escorpiões são muito rápidos e sim, sobem pelas paredes.
- Escorpiões não atacam. Os acidentes com picada acontecem quando a pessoa encosta ou pisa nele.
- E a última: escorpiões gostam de andar em dupla. Se você encontrou um, prepare-se, pois, provavelmente há outro por perto. 

Escorpião amarelo, Tityus serrulatus.
Nome científico:Tityus serrulatus. Nome comum: escorpião amarelo
Mede cerca de até 7cm de comprimento. Apresenta o tronco escuro, patas, pedipalpos e cauda amarela sendo esta serrilhada no lado dorsal. Considerado o mais venenoso da América do Sul, é o escorpião causador de acidentes graves, principalmente no Estado de Minas Gerais. 

Escorpião marrom, Tityus bahiensis.

Nome científico: Tityus bahiensis. Nome comum: escorpião preto.
Apresenta uma coloração marrom-escuro, às vezes marrom-avermelhado, pernas amareladas com manchas escuras. Fêmures e tíbias dos pedipalpos com mancha escura. A mão do macho é bem dilatada. Esta espécie é o causador dos acidentes mais frequentes em São Paulo. 

 

Conhecer para conservar. 

Marcelo Tonini 


Fontes: Ministério da Saúde.
 

Mais do ACidade ON