Aguarde...

Como usar fotografia para a educação ambiental nas trilhas.

Dicas de como usar a fotografia de pequenos seres vivos para educação ambiental nas trilhas e aventuras na natureza

| ACidade ON - Circuito das Águas

O que podemos fazer na natureza para aprender e desenvolver nosso contato com os seres vivos.  

Interagindo com a vida. Uma borboleta asa de vidro, uma mosca e um biólogo.

Dicas de como usar a fotografia de pequenos seres vivos para educação ambiental nas trilhas e aventuras na natureza
Nessa série de textos vamos falar de educação ambiental na prática, atividades que podemos desenvolver nas trilhas e aventuras na natureza com aventureiros e trilheiros de todas as idades, vamos ver maneiras de desenvolver nosso conhecimento e nossa sensibilidade com os seres vivos e descobrir como aproveitar melhor nosso contato com o meio ambiente, aprendendo a respeitar os seres vivos. 

Foto close up de libélula.

Fotografia macro ou close-up.
"A macro fotografia trata de revelar os menores detalhes dos pequenos seres vivos." 

Foto close up de uma libélula.

Se você gosta de fotografar flores, insetos, ou coisas pequenas a macro fotografia pode além de mostrar esses detalhes, aproximar o fotógrafo dos seres vivos, criando assim conhecimento, respeito e melhorando nossa educação ambiental com atividades recreativas e educativas ao mesmo tempo. A procura desses seres vivos nos quintais, jardins, parques e no campo promove uma interação diferenciada do fotógrafo com espécies comuns no dia a dia, mas nem sempre reparadas pelas pessoas.
Essa interação, faz com que a busca por conhecimento com o uso da fotografia e a aproximação com esses seres vivos, crie um respeito e motive a necessidade de melhorarmos nossa convivência com eles, desenvolvendo assim uma interação com a natureza tão necessária atualmente. 

Aranha começando construção da sua teia para capturar insetos.

Essas atividades podem ser realizadas com crianças, jovens e turistas onde elas devem realizar fotos em determinados locais de insetos, flores, pequenos detalhes que depois podem ser discutidos, interpretados, mostrando o que cada situação observada nas fotos representa, identificando animais, plantas e elementos da natureza, mostrando sua importância e relação conosco seres humanos. E desenvolvendo relações e interações com os participantes. 

 Dicas de como fotografar bem de perto.

1.Luz é fundamental: Para fotos de seres pequenos precisamos de bastante luz, procure fazer fotos nos horários de maior intensidade do sol, ou use flash. Varie os ângulos das fotos, luz lateral, contraluz, luz frontal, essas variações vão produzir imagens diferentes e dar várias texturas aos elementos fotografados.
2.Melhor horário: Os insetos costumam ser mais lentos de manhã cedo, as flores mais frescas antes do calor do sol, as gotas de orvalho ou da chuva costumam aparecer mais nas primeiras horas do dia.
3.Reflita a luz: Use folhas de papel branco, ou um papelão colado com um lado branco e outro lado com papel alumínio, assim podemos refletir a luz e diminuir algumas sombras indesejadas ou até mesmo utilizar como fundo das fotos. 

Foto close up de besouro verde.

4.Paciência e controle. A fotografia macro exige que os participantes desenvolvam paciência e controle dos seus movimentos, ajudando no desenvolvimento das crianças e adultos.
5.Procure apoio para a máquina ou celular: O uso de apoio como galhos, pedras ou em alguns casos se faz necessário a criação de um, e com isso desenvolve-se a procura de meios de criar esses apoios e a necessidade de como resolver problemas básicos, desenvolvendo o raciocínio, aprendendo a interagir com o meio. 

Foto close up de uma mariposa.

6.Pare para observar: A procura do que fotografar faz com que o participante seja obrigado a aprender a interagir, consiga desenvolver a observação do que ocorre ao seu redor, conhecer o comportamento dos pequenos animais, esse conhecimento desenvolve relação, respeito e promove mudanças na interação com os seres vivos.
7.Chegue mais perto: Aproxime-se do tema da sua foto. 

Foto close up de percevejos em vários estágios de crescimento.

8.Conheça o seu equipamento, máquina ou celular: Existem programas específicos para fotos macro gratuitos na internet. Com o conhecimento do equipamento podemos fazer imagens melhores.
9.Aproveite: aprenda sobre a natureza a sua volta e os seres vivos que vivem por perto, você vai se surpreender com as maravilhas da vida.
10.Divirta-se. 

Foto close up de uma borboleta Greta Oto. Também conhecida como Borboleta-de-asas-de-vidro


Com essas atividades recreativas, podemos melhorar nosso conhecimento e desenvolver respeito pelos seres vivos, brincando, conhecendo e melhorando nosso relacionamento com os seres que vivem ao nosso redor e são tão importantes para nossa vida.
Conhecer para conservar, e deixar registrado nosso olhar para outros seres vivos. 

Foto close up de uma lagarta de mariposa.


Marcelo Tonini

Mais do ACidade ON