Publicidade

Blogs e colunas   -   decor para todos

Estilo Industrial valoriza itens retirados da construção Civil

Nesse estilo encontra-se materiais baratos como cavaletes e pallets, ausência de revestimentos caros, valorizando rebocos imperfeitos com muita elegância

| ACidade ON - Circuito das Águas -

Em uma reforma, um dos fatores mais relevantes para definir o projeto é o estilo da decoração. Essa escolha que orienta a paleta de cores e o mobiliário que será utilizado no ambiente.  


Se você está em busca de uma linguagem precisa conhecer diversas opções de decoração e avaliar as características de cada uma. Isso permitirá identificar qual delas tem mais a ver com o seu perfil. Pensando nisso, farei uma série contando um pouco de cada estilo na decor. 


Hoje é a vez do Estilo Industrial. Em sua essência, o estilo remete às antigas fábricas localizadas no bairro Soho em Nova Iorque, entre as décadas de 50 e 70, que acabaram se transformando em lofts por comunidades criativas capazes de abrigar trabalho mais moradia. Com o passar do tempo, os lofts industriais viraram cenário de filmes Hollywoodianos e disseminaram o estilo para o resto do mundo.  


Nesse estilo encontra-se elementos retirados da construção civil, materiais baratos como cavaletes e pallets, canaletas metálicas aparentes e tubos enferrujados para sustentar tampos de móveis, pisos e tetos sem revestimentos caros, valorizando rebocos imperfeitos, tijolos aparentes e concretos mal executados. 


O estilo industrial combina perfeitamente com a cozinha. Com ele, é possível empregar muita personalidade a esse cômodo. Nesse caso, é legal abusar das tubulações aparentes, holofotes, mobiliário pesado e também eletrodomésticos em inox, sem deixar de lado acabamentos como tijolinhos à vista e cimento queimado. 


Cores fortes contrastam muito bem com as texturas que marcam presença nesse estilo, então a dica é colocar cores nos tecidos e móveis, além de texturas nos acabamentos. Essa mistura deixa o ambiente muito original.  

Cores fortes contrastam muito bem com as texturas que marcam presença nesse estilo, então a dica é colocar cores nos tecidos e móveis


Para quebrar a sensação fria do cimento, equilibre tudo com tons de madeira mais quentes, trazendo aconchego e conforto ao ambiente. 


Assim como em qualquer outro cômodo, você não precisa enchê-lo com elementos industriais. Algumas peças com essa pegada já deixam tudo mais interessante, autêntico e delicado. 

Decor para todos

Sobre o colunista

Raquel Sabbagh é Designer de Interiores e pós-graduada em Comunicação. Acredita no design democrático e quer, por meio do seu trabalho, desmistificar a ideia de que o design está associado ao luxo. Dicas de decoração e tendências do universo decor serão alguns dos assuntos desta coluna. Sempre acompanhados de imagens cuidadosamente selecionadas para inspirar, levando beleza e estilo para mais pessoas sem abrir mão da qualidade.

Publicações



Facebook



Publicidade

Publicidade