Aguarde...

cotidiano

Fase verde: Pedreira libera a retomada das excursões

Atividade é uma das principais fontes de arrecadação do comércio da cidade; decreto publicado no Diário Oficial do Município já está em vigor

| ACidade ON - Circuito das Águas

Centro comercial de Pedreira (Foto: Divulgação)
As excursões, consideradas uma das principais fontes de arrecadação do comércio de Pedreira, foram liberadas através do decreto que ajusta o processo de flexibilização para a retomada econômica na cidade à fase verde do Plano São Paulo.

O município e os outros sete que formam o Circuito das Águas Paulista avançaram de estágio na última sexta-feira (9). A visita de turistas em ônibus, vans e veículos similares estava suspensa desde o início da pandemia da covid-19, em março.

De acordo com o texto assinado pelo prefeito Hamilton Bernardes Júnior (DEM) e publicado no "Diário Oficial do Município", os responsáveis pela organização das viagens serão obrigados a cumprir todos protocolos preventivos contra a disseminação do novo coronavírus estabelecidos pela Vigilância Sanitária de Pedreira.

Na última atualização do boletim epidemiológico feita na tarde de quarta-feira (14), o município apresentava 589 casos confirmados de covid-19 e nove mortes.

Números do período pré-pandemia divulgados pela Associação Comercial e Empresarial e pela Câmara de Dirigentes Lojistas mostravam que Pedreira recebia em média 80 mil visitantes por mês. Em períodos que antecediam datas especiais, como o Dia das Mães e Natal, por exemplo, este número era ainda maior.

Além de autorizar a retomada de excursões, o decreto publicado pela Prefeitura de Pedreira ainda liberou eventos, convenções, atividades culturais, inclusive cultos, missas e celebrações religiosas, atividades e buffets e similares para o funcionamento com ocupação máxima limitada a 60% da capacidade dos espaços.

Pedreira na fase verde do Plano São Paulo

*Retomada das excursões diante do cumprimento dos protocolos estabelecidos pela Vigilância Sanitária

*Funcionamento por até 12h com ocupação máxima de 60% para shoppings centers, galerias e estabelecimentos congêneres; comércio em geral; prestadores de serviços em geral; salões de beleza, barbearias e estabelecimentos congêneres; academias de esporte de todas as modalidades, centros de ginástica, clubes esportivos e recreativos e estabelecimentos congêneres

*Ficam autorizados eventos, convenções, atividades culturais, inclusive cultos, missas e celebrações religiosas, buffets e atividades similares com ocupação máxima limitada a 60%
É necessário:
*
Controle de acesso e hora marcada
*Venda de ingressos de eventos culturais em bilheterias físicas, desde que respeitados protocolos sanitários e de distanciamento
*Demarcação de filas e espaços respeitando distanciamento mínimo entre as pessoas de 1,5m a 2m.

*Fica autorizado o funcionamento  por 12h, com ocupação máxima limitada a 60% da capacidade do local, para bares, restaurantes, lanchonetes, pizzarias estabelecimentos similares, sendo o consumo local permitido até as 22h horas e a permanência no estabelecimento deve ser no máximo até as 23h

Mais do ACidade ON