Aguarde...

cotidiano

Homem é detido pela GM por maus-tratos a animal em Amparo

Cachorro foi resgatado no bairro dos Pedrosos muito debilitado e precisou ser sacrificado; crime é inafiançável após alteração na lei em setembro de 2020

| ACidade ON - Circuito das Águas

Cachorro foi resgatado muito debilitado em Amparo (Foto: Divulgação)
 Um homem foi detido pela Guarda Civil Municipal, no último domingo (10), por maus-tratos a um animal em sua residência no bairro dos Pedrosos, em Amparo. De acordo com a corporação, foi encontrado um cachorro muito magro, sem movimento nas patas traseiras e machucado. O animal foi encaminhado a uma clínica veterinária. 

Segundo a veterinária Érica Silingardi, o cachorro chegou à clínica em estado de choque e muito debilitado. Após a realização de exames, foi constatado que o animal estava com um quadro avançado de cinomose e ele teve que ser sacrificado.

Este foi o segundo caso de prisão em decorrência do crime de maus-tratos na cidade de Amparo após a sanção do governo federal sobre a lei em 29 de setembro de 2020. Com a atualização, a punição para quem praticar atos de abuso ou maus-tratos aos animais é maior e o crime é inafiançável.

Conforme a nova lei, a prática terá como punição a pena de reclusão de dois a cinco anos, além de multa e a proibição de guarda. A legislação abrange animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos, incluindo cães e gatos, animais domésticos mais comuns e as principais vítimas desse tipo de crime.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON