Publicidade

cotidiano

Queda de avião mata sete pessoas nesta terça em Piracicaba

Bimotor caiu e explodiu por volta das 10h em uma área de mata próximo à Faculdade de Tecnologia no Bairro Santa Rosa

| ACidade ON - Circuito das Águas -

Incêndio na área da queda do avião em Piracicaba: sete mortes confirmadas pelos bombeiros (Foto: Divulgação / Corpo de Bombeiros)
Sete pessoas morreram na manhã desta terça-feira (14), após queda e explosão de um avião bimotor, em Piracicaba. A aeronave caiu por volta das 10h em uma área de mata próxima à Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo (Fatec), no bairro Santa Rosa. 

Segundo o Corpo de Bombeiros, no avião bimotor estavam o piloto, o copiloto e cinco passageiros. Todos os ocupantes foram carbonizadas e morreram no local. As vítimas são o empresário Celso Silveira Mello Filho, da Raízen, a mulher e três filhos, além da tripulação. 

AS VÍTIMAS 

Celso Silveira Mello Filho, 73 anos
Maria Luiza Meneghel, 71 anos
Celso Meneghel Silveira Mello, 46 anos
Camila Meneghel Silveira Mello Zanforlin, 48 anos
Fernando Meneghel Silveira Mello, 46 anos
Piloto: Celso Elias Carloni, 39 anos
Copiloto: Giovani Dedini Gullo, 24 anos

Em nota, a empresa Raízen confirmou a morte do empresário e lamentou o acidente. "Com enorme pesar, a Cosan informa que o empresário Celso Silveira Mello Filho estava com a família na aeronave King Air 360 que caiu hoje, às 10h, em Piracicaba, causando a morte de todos os ocupantes. Celso era acionista e irmão do presidente do Conselho de Administração da companhia, Rubens Ometto Silveira Mello. Também estavam no avião a esposa de Celso, Maria Luiza Meneghel, seus três filhos, Celso, Fernando e Camila, o piloto Celso Elias Carloni e o copiloto Giovani Gulo", disse a empresa.

Empresário Celso Silveira Mello Filho e a esposa Maria Luiza Meneghel, morreram em queda de avião (Foto: Reprodução EPTV)


Mais notícias


Publicidade