Publicidade

cotidiano

Cidades do Circuito avaliam cancelamento do Carnaval 2022

Anúncio foi feito após uma reunião com a participação dos prefeitos; decisão final, porém, cabe a cada município

| ACidade ON - Circuito das Águas -

Ainda dá tempo de curtir o Carnaval
Prefeitos do Circuito das Águas avaliam o cancelamento do Carnaval 2022 (Divulgação)
Em uma reunião realizada na última quinta-feira (18), os prefeitos das cidades pertencentes ao Circuito das Águas Paulista decidiram que irão avaliar o possível cancelamento do Carnaval de 2022, uma vez que, até a manhã desta sexta-feira (19), as nove cidades pertencentes à região já haviam registrado 889 mortes em decorrência da covid-19.

Segundo a nota, "o principal motivo é a grande aglomeração desse evento em específico e a dificuldade em conseguir realizar uma fiscalização adequada, o controle de vacinados, realizar aferições de temperatura, manter distanciamentos, e garantir que a região não tenha um novo surto pandêmico como vem ocorrendo na Europa", diz trecho do comunicado.

Além disso, o consórcio afirma que, uma vez que diversas cidades da região já anunciaram o cancelamento do evento, a realização do Carnaval "poderia acarretar na migração de um elevado número de pessoas para o Circuito das Águas Paulista, trazendo uma superlotação, descontrole e possível nova onda da covid-19".

Apesar da possibilidade de não realizar as festividades, o Consórcio de Turismo dos Municípios do Circuito das Águas Paulista informou que os meios de hospedagem, alimentação, assim como as reuniões familiares, estão autorizados a seguir com suas programações, desde que respeitem as regras sanitárias.

De acordo com a nota enviada pelo Consórcio dos Municípios do Circuito das Águas Paulista, a decisão caberá a cada chefe do executivo e o anúncio deverá ser feito no decorrer da próxima semana.

Cancelamento do Carnaval 2022

O anúncio do cancelamento das festividades do Carnaval 2022 já foi realizado por diversas cidades da região. Prefeitos e secretários dos municípios que compõem o Aglomerado Urbano de Jundiaí, e de Valinhos e Vinhedo, decidiram que o evento não será realizado no próximo ano.

Entre as cidades que cancelaram o Carnaval estão Cabreúva, Campo Limpo Paulista, Itupeva, Jarinu, Jundiaí, Louveira e Várzea Paulista. A prefeita de Ubatuba, Flávia Pascoal (PL), também anunciou a suspensão do evento de rua em uma postagem nas redes sociais.

Na região de Ribeirão Preto e Franca, 20 municípios confirmaram o cancelamento do Carnaval até a manhã desta sexta-feira (19), sendo eles Santo Antônio da Alegria, São Simão, Rifaina, Luís Antônio, Guariba, Jaboticabal, Pradópolis, Dumont, Barrinha, Santa Ernestina, Pitangueiras, Guatapará, Taquaritinga, Monte Alto, Dobrada, Santa Rosa de Viterbo, Altinópolis, Cajuru, Cássia dos Coqueiros e Santa Cruz da Esperança

Mais notícias


Publicidade