Aguarde...

cotidiano

Amparo amplia horário de permanência em bares e restaurantes

De acordo com o decreto publicado pela Prefeitura Municipal, cliente pode entrar nos estabelecimentos até as 23h e fazer as refeições até a meia-noite

| ACidade ON - Circuito das Águas

 

Restaurantes tem o horário ampliado em Amparo (Foto: Divulgação)

Amparo ampliou o horário de permanência de consumidores em bares e restaurantes da estância. A medida foi publicada em decreto municipal e passa a valer a partir desta terça-feira (17). Com a mudança, os clientes que chegarem até as 23h poderão ficar no local para o término das refeições até a meia-noite. 

O decreto nº 6.162 afirma que "o horário de atendimento deverá ocorrer até as 23 horas, ficando garantido o direito de término da refeição pelo cliente já atendido até o horário de fechamento do estabelecimento, até o limite máximo de uma hora", diz a publicação.

A administração municipal destaca que as regras sanitárias e as orientações de distanciamento social, higienização com álcool e a obrigatoriedade do uso de máscara devem ser obedecidas por toda a população.

O município segue com a vigência das medidas de quarentena devido a pandemia do coronavírus e, atualmente, está na fase verde do Plano São Paulo do governo estadual. O novo decreto assinado pelo prefeito Luiz Oscar Vitale Jacob (PSDB), ainda prorroga a quarentena até o dia 30 de novembro.

De acordo com o último balanço epidemiológico, divulgado na segunda-feira (16), a estância de Amparo possui 1.190 moradores infectados e 32 óbitos confirmados em decorrência da doença.   

Quarentena no Estado até dezembro

O governo de São Paulo prorrogou a quarentena no Estado até o dia 16 de dezembro. A medida tinha sido anunciada em coletiva de imprensa de segunda-feira (16) e foi publicada no Diário Oficial desta terça-feira  (17). Essa é a 13ª vez que a quarentena é prorrogada desde março. O decreto anterior estendia a quarentena até a segunda-feira (16).

Ainda na coletiva, o governador João Doria (PSDB) admitiu que  ocorre um aumento nas internações por covid-19 no Estado. Na última semana epidemiológica, que vai do dia 8 ao dia 14 de novembro, as internações de casos suspeitos e confirmados da doença cresceram 18% em relação à semana anterior: a média diária das novas internações subiu de 859 para 1.009.

O Plano São Paulo, que regulamenta os estágios da quarentena nas diversas regiões do estado, estabelecendo medidas mais duras ou leves de acordo com os indicadores de saúde de cada local, não será atualizado nesta semana.

De acordo com o governo, a mudança não será feita por conta da falha nos dados do Ministério da Saúde que impactou os dados de mortes por covid-19 em São Paulo na última semana. São esses indicadores que determinam as fases da quarentena em cada região. A nova avaliação foi remarcada para o dia 30 de novembro.



Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON