Aguarde...

cotidiano

Doria faz nova reclassificação do Plano SP nesta sexta

Deve ocorrer alterações nas fases das regiões; vale lembrar que hoje as restrições noturnas entram em vigor em todo o Estado

| ACidade ON - Circuito das Águas

Governo fará nova reclassificação hoje (Foto: Governo do Estado de SP)
O governo do Estado de São Paulo confirmou na manhã desta sexta-feira (26) que fará uma nova reclassificação do Plano SP de flexibilização da quarentena. A coletiva está prevista para inicio às 12h45, no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo. As nove cidades do Circuito das Águas estão na fase amarela da flexibilização. 

Vale lembrar que hoje à noite começa a vigorar o período de restrição de circulação em todo o Estado de São Paulo no período noturno. O "toque de restrição", como foi chamado, proíbe a circulação entre 23h e 5h, e foi anunciado na última quarta-feira (24), dia que o governo também fez mudanças no Plano São Paulo, mas regrediu apenas a região de Marília. 

As reclassificações do governo determinam o grau da quarentena em todas as regiões de São Paulo. O DRS (Departamento Regional de Saúde) de Campinas está na fase amarela desde o dia 5 de fevereiro, depois de ter ficado por duas semanas na fase laranja por aumento de casos em janeiro. 

Atualmente, algumas cidades da região tem enfrentado pressão na rede pública de saúde, como é o caso de Campinas, que no fim de semana chegou a 110% dos leitos de UTI para a covid-19 ocupados

PODE REGREDIR?

A média de ocupação total do DRS de Campinas é de 73,4% em leitos de UTI Covid-19, segundo dados retirados hoje da Fundação Seade.  

Com esse percentual, é possível que a região de Campinas volte para a fase laranja do Plano SP- sendo que as regras para endurecimento limita a ocupação em 70%. Nos demais critérios, no entanto, os indicativos estão dentro dos critérios da fase amarela.

TOQUE DE RESTRIÇÃO 

Começa a valer hoje a restrição de circulação das 23h às 5h em todo o estado de São Paulo. A regra permanecerá em vigor até 14 de março. Vale lembrar que em Campinas essa restrição já acontece desde o começo dessa semana e foi determinada pela Prefeitura. Aqui, está valendo as regras da fase vermelha do Plano São Paulo de flexibilização da quarentena das 21h às 5h. Nesse período só podem funcionar atividades essenciais. 

A restrição do governo estadual que passa a vigorar hoje em todas as cidades determina uma força-tarefa de fiscalização e diz que a Polícia Militar "poderá determinar a dispersão de aglomerações, sempre que constatar reunião de pessoas capaz de aumentar a disseminação da Covid-19." 

Ela foi tomada após o estado ter registrado o maior número de pacientes com covid-19 internados em UTI desde o início da pandemia. O governo teme que os leitos se esgotem em 22 dias. 



Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON