cotidiano

Especial coronavirus

Holambra: Expoflora é adiada pelo segundo ano consecutivo

Com a pandemia da covid-19 ainda fora de controle, organização optou por marcar o retorno do evento para agosto de 2022

| ACidade ON - Circuito das Águas -

Edição da Expoflora foi adiada para 2022 por causa da pandemia (Foto: Luciano Claudino/Código19)
A Expoflora, maior exposição de flores e plantas ornamentais da América Latina, que normalmente acontece em Holambra entre os meses de agosto e setembro, foi adiada pelo segundo ano consecutivo por causa da pandemia da covid-19. O anúncio foi feito pela organização por meio de uma nota publicada no site oficial do evento. A expectativa é que a 39ª edição aconteça em 2022.

Ao contrário do ano passado, conforme a assessoria de imprensa, a venda dos ingressos sequer foi aberta este ano, já que a pandemia não está controlada o que indicava a impossibilidade de sua realização.  

A Exploflora atrai visitantes do Brasil inteiro e é realizada para celebrar a chegada da primavera. De acordo com números registrados em edições anteriores, o evento recebe cerca de 300 mil turistas, gera 1,5 mil empregos diretos e cerca de cinco mil postos de trabalho.  

Além disso, a cada edição da festa, até 2019, eram movimentados em cidades da região cerca de R$ 24 milhões em serviços, rede hoteleira, transportes, bares e restaurantes.

O adiamento no ano passado interrompeu uma sequência de 31 edições interruptas. Antes disso, a feira só não havia acontecido uma vez, em 1988, devido a comemoração dos 40 anos da imigração holandesa. O adiamento por dois anos consecutivos jamais havia ocorrido.

Mais notícias


Publicidade