Aguarde...

cotidiano

Polícia desarticula grupo 'entocado' em chácara em Águas

Operação da PM mineira e paulista, além de GMs de Lindoia e Socorro, surpreendeu suspeitos por onda de roubos em cidades do Circuito das Águas e Sul de Minas

| ACidade ON - Circuito das Águas

Motos e carro recuperados durante a ação em Águas de Lindoia (Foto: Divulgação)
Uma operação conjunta deflagrada por policiais militares das cidades mineiras de Ouro Fino e Monte Sião, e de Águas de Lindoia, além de guardas municipais de Lindoia e Socorro, desarticulou entre a tarde e noite de segunda-feira (5) uma quadrilha especializada em roubos e furtos. Três pessoas foram detidas e um menor apreendido durante a ação em uma chácara no bairro dos Tanques, em Águas de Lindoia.  

Segundo a Polícia Militar, o grupo é suspeito de agir em pelo menos oito municípios localizados na divisa do Sul de Minas Gerais e o Circuito das Águas Paulista. A onda de ataques começou há dois meses, principalmente em propriedades rurais das cidades.  

Após investigação e de posse de mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça, ao menos 15 homens, que formaram a força-tarefa, surpreenderam dentro da chácara dois homens e duas mulheres, com idade entre 17 e 40 anos. Um pré-adolescente, de 12 anos, filho de uma das suspeitas, também estava no local, foi levado à delegacia, mas não relacionado aos crimes.  

Foram apreendidos um carro, modelo Fiat Strada, três motocicletas, entre elas uma XTZ Tenere, segundo policiais, roubada no final de semana, revólver calibre 38 com dez projéteis intactos, dez celulares, R$ 535 em dinheiro e dezenas de eletroeletrônicos e eletrodomésticos, entre eles aparelhos de televisão, máquina de lavar roupas e freezers. Todos os suspeitos e o material recuperado foram apresentados no Plantão Policial de Serra Negra. 

Segundo a Polícia Militar, as vítimas da quadrilha relataram que o grupo era violento e sob força física amarravam as vítimas antes de esvaziar as casas. Ocorrências relacionadas aos suspeitos foram registradas em Águas de Lindoia, Lindoia e Socorro, além das cidades mineiras de Senador Amaral, Bom Repouso, Tocos do Mogi, Bueno Brandão e Monte Sião. Todos os envolvidos ficarão à disposição da Justiça.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON