Aguarde...

Esportes

Campeão paulista, Vôlei Amparo faz "vaquinha" para sobreviver

Segundo dirigentes, a prefeitura passou a custear somente o transporte durante os campeonatos; projeto foi criado em 2007 e atende cerca de 80 meninas

| ACidade ON - Circuito das Águas

Vôlei de Amparo cria "vakinha" on-line (Foto: Divulgação)
O Vôlei Amparo, atual campeão do Campeonato Paulista Sub 21, abriu uma "vaquinha" on-line para arrecadar a quantia necessária para cobrir alguns gastos com o time, como alimentação, energia, água e aluguel. De acordo com dirigentes, a administração municipal costumava custear inscrições para campeonatos, mas, devido a impasses jurídicos, passou a fornecer apenas o transporte a partir deste mês. Apesar do esforço, existe a ameaça do time se desfazer. 

O projeto foi criado em 2007 e é responsável por formar atletas da base na cidade. Atualmente, o Vôlei Amparo atende cerca de 80 meninas, de três categorias esportivas diferentes. Duas delas disputam em campeonatos da região, sendo uma equipe de rendimento.

Segundo a gestão do Vôlei Amparo, as equipes são patrocinadas por empresas que mantêm o aluguel de duas repúblicas e demais impostos. Além disso, o time conta com apoiadores que auxiliam com a alimentação. Já o pagamento dos professores, é realizado através da Lei Paulista de Incentivo ao Esporte (LPIE).

O suporte da Prefeitura de Amparo era com o pagamento de taxas e o fornecimento do transporte. Segundo o Vôlei Amparo, a Secretaria de Esportes afirmou não poder mais arcar com as finanças devido à falta de justificativa jurídica para manter o auxílio.

"Por estarmos prestes a começar o campeonato, tínhamos duas alternativas: desistir e deixar o projeto acabar, ou lutar buscando meios para conseguir disputar o campeonato paulista, no qual somos o atual campeão", relata a organização.

De acordo com a organização do projeto, as inscrições para o Campeonato Paulista deste ano já estão concluídas, e não foram afetadas pelo corte de recursos oferecidos pela administração municipal.

"Muitas praticantes superaram dificuldades por conviver em grupo e aprenderam a respeitar as diferenças através da vivência que o esporte coletivo proporciona, e aí puderam seguir com mais segurança para os desafios da vida", finaliza a organização do Vôlei Amparo.

A arrecadação on-line ainda está disponível e pode ser acessada no site. O valor mínimo para a contribuição é de R$ 10.

O que diz a prefeitura

Em nota, a administração municipal afirmou que não possui nenhum convênio ou contrato com a entidade chamada Floresta Atlético Clube, conhecida como Vôlei Amparo, e que "a falta de um contrato com este fim inviabiliza todos os meios legais da Prefeitura de Amparo arcar com as despesas do time".

Entretanto, a administração salientou que "se compromete em arcar com os custos de transporte da equipe, que será em torno de 30 mil reais neste campeonato'', diz em nota. A prefeitura também relatou que o Floresta Atlético Clube recebe um aporte financeiro, através da lei estadual de incentivo ao esporte, no valor de R$ 381 mil anuais, o que supera a capacidade orçamentária anual da Secretaria Municipal de Esportes.

A administração ainda acrescentou que "a prioridade da Prefeitura de Amparo neste momento é o fomento do esporte nos bairros com políticas públicas voltadas para crianças de baixa renda residentes no município. É intenção da Prefeitura Municipal de Amparo incentivar a escalação de times de competição formados majoritariamente por atletas da cidade, o que não ocorre na equipe de voleibol, embora, isso não seja fator determinante para recebimentos de recursos municipais".


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON