Publicidade

esportes

Atletas têm até quinta para retirar kits da São Silvestre e conhecer protocolos

Para pegar o kit, será exigida a apresentação do comprovante de vacinação completo; confira os horários de atendimento

| Estadao Conteudo -

Obrigatoriedade de vacinação para participar da São Silvestre (Foto: Peter Leone/Gazeta Press)
Uma das mais tradicionais corridas de rua do Brasil retoma a sua edição na sexta-feira (31). A São Silvestre não pôde ser celebrada em 2020 devido à pandemia do novo coronavírus, que prejudicou a organização de eventos esportivos. Neste ano, para evitar a transmissão da covid-19 entre os participantes, a prova terá uma série de protocolos a serem seguidos antes, durante e após as atividades nos 15 km do percurso.

Quem for participar da 96.ª edição tem até esta quinta-feira (30) para retirar os kits no Hall Nobre do Palácio de Convenções do Anhembi (avenida Olavo Fontoura, 1.209, em Santana). Nesta quarta, o horário de retirada vai das 9h às 20h. Na quinta, o tempo será reduzido, das 9h às 16h.

Na retirada do kit, será exigida a apresentação do comprovante de vacinação completo (com ao menos duas doses para quem se imunizou com Pfizer, AstraZeneca ou Coronavac; ou uma dose da Janssen). O certificado poderá ser impresso ou virtual, disponível nos aplicativos do SUS, do governo da sua cidade ou país.

Quem estiver com esquema vacinal incompleto deverá mostrar teste RT-PCR negativo realizado 48 horas antes do ingresso no local da retirada do kit ou teste antígeno com validade de 24 horas. Neste último caso, a retirada do kit só será permitida no dia 30. Se os documentos não forem validados, o atleta poderá retornar ao local enquanto a entrega estiver funcionando com a certificação correta. A organização recomenda que menores de 18 anos e pessoas que não estejam inscritas não compareçam ao Palácio de Convenções.

Na sexta-feira (31), os corredores serão obrigados a usar corretamente a máscara durante todo o período de permanência no local da prova (largada, chegada e dispersão). Durante a corrida, nos momentos possíveis, também é recomendável o seu uso. Há muita preocupação com a variante Ômicron. Por isso, a organização exige que os protocolos sejam cumpridos. Não estará disponível o serviço de guarda-volumes. Além disso, apenas participantes terão autorização para ida ao local da largada. Recomenda-se que o atleta tenha álcool em gel 70% em mãos. Cerca de 22 mil atletas deverão participar. Já chegou a ter 35 mil.

Mais notícias


Publicidade