ACidadeON

Cotidiano

Acusado de matar ex-namorada é preso no Rio

Rio Austrália Assassinato

| Estadao Conteudo

A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu na noite deste sábado (7) Mário Marcelo Ferreira dos Santos Santoro, de 40 anos, acusado de matar a ex-namorada, Cecília Müller Haddad, de 38 anos, por estrangulamento, em Sydney, na Austrália, em abril passado. A prisão preventiva dele havia sido decretada pela Justiça na quinta-feira (5).

Santoro estava na casa de parentes, em Botafogo (zona sul), e não resistiu à prisão, realizada por policiais civis da 18ª DP (Praça da Bandeira). A Polícia Civil já havia procurado o rapaz na casa dos pais dele, na avenida Atlântica, em Copacabana (zona sul), sem sucesso, e então passou a buscá-lo na casa de parentes.

O pedido de prisão foi feito pela Divisão de Homicídios (DH) do Rio, com apoio do Ministério Público. A DH foi acionada em maio pela família da vítima. Policiais ouviram parentes de Cecília e periciaram alguns documentos fornecidos pela família. Segundo a polícia, a investigação concluiu que Cecília foi morta por asfixia mecânica por constrição de pescoço, e o responsável pelo crime seria o ex-namorado da vítima.

A Justiça expediu também um mandado de busca e apreensão nas casas dos pais e familiares de Santoro, na zona sul do Rio.

Cecília morava na Austrália desde 2007. Ela foi morta entre os dias 28 e 29 de abril, em sua casa, e seu corpo foi encontrado no rio Lane Cover, em Sydney, a oito quilômetros do local onde foi morta. O ex-namorado, com quem ela havia dividido apartamento, viajou para o Rio de Janeiro em 29 de abril.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários