Aguarde...

ACidadeON

Cotidiano

Justiça multa enfermeira que atropelou cães no MA; um morreu

| FOLHAPRESS

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Justiça do Maranhão estabeleceu que a motorista responsável por atropelar dois cães da raça pastor alemão, em agosto, deve pagar uma multa de R$ 20 mil. Um dos animais morreu. A sessão ocorreu na segunda-feira (12), e o valor será destinado ao Hospital Universitário da Uema (Universidade Estadual do Maranhão). Os tutores dos animais ainda podem entrar com ação pedindo outro valor. Segundo informações da Comissão de Defesa e Proteção dos Animais da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) no estado, a enfermeira Gisele Atan também deverá pagar cinco salários mínimos referentes à transação penal. ATROPELAMENTO As imagens do atropelamento, registradas por câmeras de segurança, causaram reações. À época, a motorista negou intenção de atingir os animais, em São Luís. A gravação mostra a mulher no carro, em velocidade baixa, próximo à calçada. Ela acelera em seguida, quando os pastores alemães descem a guia e ficam em frente ao veículo. A cadela Dukesa morreu na hora. O outro, Pepe, teve ferimentos. A tutora dos cães, Leila Cristina Oliveira, estava viajando e disse na ocasião que os animais haviam fugido de casa após uma tentativa de invasão ao imóvel, localizado em rua próxima ao atropelamento, e os criminosos deixaram o portão aberto. Segundo o telejornal JMTV, de afiliada da Globo, a motorista foi ouvida dias depois e disse que não teve a intenção de matar. Ela afirmou que estava acompanhando os cães, com objetivo de afastá-los dali, pois teriam avançado em algumas pessoas. Teria perdido os animais no campo de visão, ao partir para cima deles. À época, as imagens provocaram reações do presidente da Emserh (Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares), Vanderley Ramos, do Conselho Regional de Enfermagem, de protetores e de celebridades como Anitta.

Veja também