Aguarde...

ACidadeON

Cotidiano

Medicina da USP tem 115 candidatos por vaga e é o curso mais disputado

| FOLHAPRESS

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O curso de medicina da USP (Universidade de São Paulo) foi mais uma vez o mais concorrido no vestibular da Fuvest. Quem concorre a uma vaga em medicina em São Paulo vai enfrentar uma disputa de 115,2 candidatos por vaga. Só para esta carreira concorrem 15.557 estudantes. Ainda assim, a concorrência foi maior no último vestibular. Medicina teve no ano passado 135,74 candidatos por vaga. Medicina em Ribeirão Preto e em Bauru aparecem na sequência da lista dos mais concorridos, com 108,7 e 86,9 candidatos para cada vaga, respectivamente. A fundação que organiza o exame também divulgou os locais de prova da 1ª fase, que ocorre no dia 25 de novembro. A informação pode ser acessada pelos inscritos no endereço app.fuvest.br/login. Neste processo seletivo, há 127.786 inscritos, incluindo treineiros (estudantes que ainda não se formarão no ensino médio neste ano). Eles disputam, pela Fuvest, 8.362 vagas em 183 cursos de graduação. Outras 2.785 vagas na USP são oferecidas via Sisu (Sistema de Seleção Unificada), do Ministério da Educação. O Sisu agrupa vagas de instituições que adotam o Enem como forma de ingresso. A Fuvest traz novidades neste ano. Os candidatos tiveram que escolher o perfil de vaga ao qual concorrem: ampla concorrência, escola pública ou escola pública PPI (pretos, pardos e indígenas). O sistema é similar ao adotado pelo Sisu e reflete esforço da USP para conseguir garantir índices de inclusão a alunos oriundos da rede pública. A Fuvest extinguiu um sistema de bônus que era a aposta da universidade desde 2006 para ampliar a inclusão, mas cujos resultados se mostraram limitados. A USP sempre foi contrária ao sistema de cotas, o que foi superado. Para o ingresso em 2019, a USP reservará 40% das vagas, por curso, para escola pública. Dentro disso, ainda incidem 37,5% de reserva para pretos, pardos e indígenas. Essa proporção aumenta nos próximos anos: para 2020, deve ser 45%, e para 2021, 50%. A Fuvest é dividida em duas fases. Na primeira, são 90 questões de conhecimentos gerais. Já na segunda, as questões são discursivas de português e, pelo menos, de duas disciplinas específicas conforme o curso escolhido, além de uma redação. Novembro é sinônimo de maratona para os vestibulandos. Na última quinta-feira, houve o vestibular da Unesp. Nos dias 4 e 11 de novembro, ocorreu o Enem. Ainda antes da Fuvest, está agendado para este domingo, dia 18, a prova de ingresso para a Unicamp. Estão inscritos neste processo 76.312 candidatos. Eles concorrem a 2.589 vagas, em 69 cursos de graduação. Relação de candidatos por vaga nas carreiras mais concorridas Medicina (SP) 115,2 Medicina (RP) 108,7 Medicina (Bauru) 86,9 Psicologia 61,8 Rel. Internacionais 51,5 Audiovisual 47,2 Medicina Veterinária 41,8 Psicologia (RP) 41,1 Design 32,4 Ciências Biomédicas 32,4 Publicidade 29,6 Jornalismo 28,5 Arquitetura 27,6 Artes Visuais 27,4 Direito 25,8

Veja também