Aguarde...

ACidadeON

Cotidiano

Três pessoas morrem pisoteadas após tumulto em baile funk na Grande SP

| FOLHAPRESS

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Três pessoas morreram pisoteadas durante um baile funk no bairro dos Pimentas, em Guarulhos, na Grande São Paulo, na madrugada de sábado (17).Segundo testemunhas, a confusão começou após a chegada da Polícia Militar à estreita rua da Pátria, onde ocorria o pancadão ao ar livre, conhecido na comunidade como "Baile do Vermelhão".Vídeos publicados nas redes sociais mostram centenas de jovens correndo sem direção certa. Muitos ficam prensados nos carros estacionados na via pública. Outras pessoas caem e são pisoteadas. Há gritos e barulho de explosão de bombas, que segundo testemunhas foram lançadas por policiais militares.Os vídeos também mostram pessoas desmaiadas no chão.As vítimas são Ricardo Pereira da Silva, 21, Micaela Maria de Lima Lira, 27, e Marcelo do Nascimento Maria, 34.Silva chegou a ser levado para a Policlínica Dona Luiza; já Micaela e Nascimento foram socorridos no Hospital Municipal Pimentas Bonsucesso. Porém, nenhum resistiu aos graves ferimentos.Segundo a TV Globo, os policiais militares teriam ido ao local para averiguar situação de perturbação de sossego, após receberem denúncia de moradores. A ocorrência foi registrada no 4º DP de Guarulhos como morte suspeita e morte acidental. No entanto, o 8º DP, responsável pela área, vai investigar o caso. O setor de Homicídios acompanha as investigações.A SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo), sob a gestão Márcio França (PSB), afirmou por meio de nota que a Polícia Militar instaurou inquérito para "apurar todas as circunstâncias dos fatos e verificar se há conexão entre as mortes e uma tentativa de abordagem, em que os suspeitos fugiram em direção à festa".A Polícia Militar confirmou que esteve no local para averiguar uma situação de perturbação de sossego. Ainda segundo a corporação, frequentadores do baile funk arremessaram garrafas na direção dos policiais, que reagiram com o uso de armas de menor potencial ofensivo. A Polícia Civil da cidade também investiga o caso.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários